Automotivo

PREPARANDO A CADEIA DE FORNECEDORES AUTOMOTIVOS PARA O MERCADO GLOBAL

Imagem do setor - Automotivo

Mapa do setor - Automotivo

Este setor tem grande potencial nas regiões apontadas no mapa.

O BRASIL ESTÁ ENTRE OS MAIORES PRODUTORES MUNDIAIS DE AUTOMÓVEIS

Atualmente, o Brasil está entre os maiores produtores mundiais de automóveis, com cerca de 4% da produção mundial. A cadeia automotiva tem sua relevância econômica para a indústria e a produtividade do país quanto à ampla inter-relação com vários setores da economia, como de autopeças, minero-metalúrgico, de fornecimento de combustíveis, serviços de reparo, entre outros. É importante salientar que o estado de Minas Gerais, apesar de ser o quarto maior em termos de número de estabelecimentos, ocupa a segunda posição quanto à produção do segmento, o que demonstra a importância nacional do estado para o setor, diante do porte das fábricas instaladas no estado.

Ações por temas

Escolha um dos temas abaixo e conheça o plano de ações específico que irá transformar os desafios em oportunidades de crescimento.

LISTA DE AÇÕES


Ação Curto Prazo LegendaCurto prazo
Até 1 ano
Ação Médio Prazo LegendaMédio prazo
De 1 a 3 anos
Ação Longo Prazo LegendaLongo prazo
Acima de 3 anos
Alinhar oferta de profissionais com a demanda do setor, em quantidade e qualidade
1

Desafio/Oportunidade

  • Escassez de profissionais de nível superior e técnico para atuação no setor
  • Desconexão entre matriz de ensino e demandas do mercado
  • Necessidade de contextualização das pesquisas e inserção dos estudantes dentro da realidade empresarial
2

O que se pretende alcançar

  • Adequação da oferta de cursos em áreas correlatas às demandas específicas do setor
  • Alinhamento da formação profissional à realidade e à necessidade do mercado
  • Aumento do número de trabalhos acadêmicos dos cursos ligados ao setor voltados às demandas industriais
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
SENAI - FIEMG
Câmara Automotiva Mineira
SEBRAE MG
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas)
Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET MG)
Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG)
Ministério da Educação (MEC)
Roland Berger Consultoria Estratégica 
Indústrias

1

Criar mecanismos para mapeamento da oferta e da demanda de profissionais para o setor

Levantar cursos ofertados pelas instituições de ensino nas áreas correlatas, incluindo projeção para os próximos anos 

Preço estimado para a atividade:
R$ 20.000

Analisar demandas do setor, identificando nas empresas atividades específicas e competências necessárias ainda não supridas

Sugere-se a criação de um grupo de trabalho para discussão e compartilhamento de ideias e boas práticas e proposição de ações voltadas ao desenvolvimento do setor automotivo, vinculado à Câmara Automotiva Mineira

Preço estimado para a atividade:
R$ 30.000 a R$ 80.000

2

Aproximar instituições de ensino ao setor

Propor às instituições de ensino as adequações necessárias na matriz curricular alinhadas à demanda identificada

Propor a inserção da temática de inovação empreendedorismo nos cursos correlatos ao setor

Remodelar oferta de cursos e aumentar o número de alunos nas áreas correlatas, com base no resultado do mapeamento

Esta atividade deverá contemplar a análise da estruturação e implantação de um curso superior especializado em Engenharia Automotiva em Minas Gerais

Incentivar parcerias para imersão dos estudantes no contexto empresarial para conhecimento da realidade e problemas práticos

Criação de um programa nos moldes do Futuros Engenheiros formatado para o setor automotivo e/ou Jovem Aprendiz
Benchmarking: Sistema de Ensino Dual da Alemanha

Aumentar produção de trabalhos acadêmicos a partir de demandas práticas empresariais, disponibilizando bolsas para projetos de pesquisa

3

Incentivar inserção da mão de obra feminina no setor automotivo

Adoção do "Dia da Menina" nas indústrias (vide modelo alemão)

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Desenvolver competências básicas da mão de obra operacional
1

Desafio/Oportunidade

  • Baixa qualificação básica da mão de obra operacional
2

O que se pretende alcançar

  • Nivelamento básico das competências da mão de obra operacional das empresas
  • Aumento do número de funcionários com ensino fundamental e/ou médio completo
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
SESI - FIEMG
Câmara Automotiva Mineira
SEBRAE MG
Indústrias

1

Estimular formação complementar de nível básico para quem possui ensino fundamental e/ou médio incompleto

Sugere-se incentivar a participação em cursos EJA (Ensino para Jovens e Adultos), que devem acontecer em horários facilitados, realizados nas empresas ou em parcerias com instituições de ensino municipais e estaduais

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Desenvolver competências técnicas da mão de obra operacional
1

Desafio/Oportunidade

  • Baixa qualificação técnica da mão de obra operacional
  • Desatualização tecnológica da mão de obra operacional
  • Escassez de mão de obra qualificada em algumas regiões do estado
2

O que se pretende alcançar

  • Melhoria da capacitação da mão de obra operacional das empresas, desenvolvendo competências direcionadas às necessidades do setor
  • Mão de obra operacional mais bem informada e conectada às novidades do setor
  • Melhoria de produtividade e qualidade
  • Aumento do número de funcionários capacitados formalmente
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
SENAI - FIEMG
Câmara Automotiva Mineira
SEBRAE MG
Sindicato da Indústria do Material Plástico do Estado de Minas Gerais (SIMPLAST)
Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (SINDIPEÇAS)
Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado de Minas Gerais (SINDIREPA/MG)
Sindicato das Indústrias de Artefatos de Borracha no Estado de Minas Gerais (SINBOR Minas)
União Brasileira para a Qualidade (UBQ)
Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)
Indústrias

1

Analisar compatibilidade entre oferta e demanda por capacitação, por meio de mapeamento

Levantar necessidades de capacitação técnica das empresas do setor

Diagnóstico das áreas onde há maior demanda por desenvolvimento nas diferentes regiões de Minas Gerais

Preço estimado para a atividade:
R$ 30.000 a R$ 80.000

2

Ofertar capacitação técnica de acordo com as caraterísticas e necessidades específicas do setor

Realizar treinamento temático nas empresas, customizado para suas demandas específicas

A capacitação deverá ser ofertada de forma regionalizada com módulos in company

Preço estimado para a atividade:
R$ 120/hora

3

Articular estruturação de certificação profissional para profissionais da indústria automotiva


Foco nas indústrias de autopeças e reparadoras veiculares

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Desenvolver competências gerenciais
1

Desafio/Oportunidade

  •  Baixa qualificação formal do corpo gerencial das empresas do setor
2

O que se pretende alcançar

  • Incorporação de práticas de gestão adequadas à realidade das empresas
  • Aumento das competências dos gestores empresariais, de modo a tornar as empresas mais eficientes e, consequentemente, mais competitivas
  • Aumento do número de empresários e gerentes capacitados formalmente
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
Câmara Automotiva Mineira
SEBRAE MG
Sindicato da Indústria do Material Plástico do Estado de Minas Gerais (SIMPLAST)
Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (SINDIPEÇAS)
Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado de Minas Gerais (SINDIREPA/MG)
Sindicato das Indústrias de Artefatos de Borracha no Estado de Minas Gerais (SINBOR Minas)

União Brasileira para a Qualidade (UBQ)
Instituto de Competências Empresariais (ICE)
Instituto SINDIPEÇAS de Educação Corporativa
HIDA AOTS BRASIL
Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)
Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI)
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
Grupo FCA
Mercedez Benz
Indústrias

1

Diagnosticar situação gerencial das empresas do setor, ressaltando as especificidades de cada região


Análise deve ser realizada no nível de supervisão operacional

Preço estimado para a atividade::
R$ 50.000 a R$ 100.000

2

Ofertar capacitação gerencial direcionada às demandas do setor

Realizar cursos customizados ou com foco temático nas empresas

Realização de cursos de curta duração com módulos in company
Temas sugeridos: gestão financeira, gestão de pessoas, projetos, estoque e logística, monitoramento e controle, marketing, qualidade, exportação, segurança do trabalho, meio ambiente e tributação

Preço estimado para a atividade:
R$ 500/hora a R$ 800/hora

Realizar cursos focados em gestão da tecnologia e inovação, estimulando atividades de P&D nas empresa

Estímulo à Cultura da Inovação e capacitação em Gestão de Projetos Colaborativos

Preço estimado para a atividade:
R$ 500/hora a R$ 800/hora

Realizar cursos de gestão empresarial, estratégia e empreendedorismo em escolas de referência no Brasil e no exterior


Preço estimado para a atividade:
A partir de R$ 1.300

3

Incentivar boas práticas de gestão nas empresas do setor

Articular realização de missões de capacitação para absorção de técnicas/métodos de gestão de referência

Sugere-se a realização de missões para o Japão

Preço estimado para a atividade:
R$ 150.000

Articular estruturação de um Programa de Produção Enxuta nas empresas fornecedoras de 2º e 3º nível

Montadoras de automóveis do estado poderiam ser potenciais parceiras na implantação do programa nas indústrias de autopeças

Criar grupo de trabalho para discussão e compartilhamento de ideias e boas práticas e proposição de ações voltadas ao desenvolvimento do setor automotivo

Grupo deve ser vinculado à Câmara Automotiva Mineira

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Facilitar práticas de Gestão de Recursos Humanos
1

Desafio/Oportunidade

  • Baixa retenção da mão de obra
  • Baixo comprometimento e motivação dos colaboradores
2

O que se pretende alcançar

  • Estruturação de processos de Gestão de Recursos Humanos nas indústrias
  • Melhoria do nível de qualidade de vida e grau de satisfação dos trabalhadores
  • Engajamento dos trabalhadores com os desafios e resultados da empresa
  • Aumento do tempo de permanêcia dos trabalhadores nas empresas e crescimento nos cargos ocupados e funções desempenhadas
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
SESI - FIEMG
Câmara Automotiva Mineira
SEBRAE MG
Ministério do Trabalho e Emprego (MTE)
Indústrias

1

Desenvolver políticas e processos de Gestão de Recursos Humanos nas empresas

Promover capacitação e consultoria técnica especializada para estruturação da Gestão de Recursos Humanos das empresas

Na execução da atividade considerar o desenvolvimento de política de cargos, remuneração e benefícios, políticas de avaliação e desenvolvimento de competências técnicas, retenção e capacitação de talentos

Preço estimado para a atividade:
R$ 200/hora a R$ 300/hora


Sensibilizar empresas quanto à importância da realização de práticas de Gestão Recursos Humanos e do seu impacto na produtividade

Práticas como ginástica laboral, indústria saudável, ergonomia, saúde, lazer e visitação à indústria envolvendo a família do colaborador

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Realizar pesquisa interna nas empresas para identificar grau de satisfação dos funcionários, clima organizacional e pontos de melhoria


Divulgar aos funcionários os benefícios praticados pelas empresas

2

Realizar ações de valorização e de bem estar dos funcionários do setor

Promover programas de saúde e bem estar dos funcionários das indústrias do setor por meio de atividades físicas e culturais

Promoção de palestras em temas como saúde, redução do stress, consumo de álcool e outras drogas, e gestão financeira familiar; Divulgação de Programas como o SESI Ginástica na Empresa e DESEV - Diagnóstico de Saúde e Estilo de Vida; Promoção de eventos de lazer envolvendo a família dos colaboradores e campanhas educativas em saúde e qualidade de vida

Para mais informações, consulte:

http://www7.fiemg.com.br/sesi/produto/sesi-industria-saudavel

http://www7.fiemg.com.br/sesi/produto/ginastica-na-empresa

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Para visualizar o conteúdo completo, acesse pelo desktop ou preencha o formulário abaixo e receba o material por e-mail.
Expandir atuação mercadológica internacional
1

Desafio/Oportunidade

  • Baixo aproveitamento das oportunidades de comércio exterior existentes
2

O que se pretende alcançar

  • Engajamento em ações de promoção internacional do setor
  • Aumento das exportações de autopeças mineiras
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
Centro Internacional de Negócios (CIN) - FIEMG
Câmara Automotiva Mineira
SEBRAE MG
Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (SINDIPEÇAS)
Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)
Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI)
Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX)
Ministério de Relações Exteriores (MRE)
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
Central Exportaminas
Indústrias

1

Engajar empresários em atividades de integração com empresas e instituições estrangeiras

Realizar missões internacionais e rodadas de negócios em temas estratégicos ao setor

Preço estimado para a atividade:
R$ 50.000 (nacional) a R$ 150.000 (internacional)


Estabelecer cooperações internacionais para promoção dos produtos mineiros no exterior

Preço estimado para a atividade:
R$ 250.000 a R$ 300.000

2

Elaborar plano estratégico de exportação para as empresas

Promover troca de informações entre os agentes do setor, para criação e/ou melhoria de programas e projetos de estímulo à exportação

Preço estimado para a atividade:
R$ 50.000

Incentivar adesão das empresas mineiras aos programas/projetos de estímulo à exportação

Potenciais parceiros: Sindipeças e Brasil Auto Parts

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Expandir atuação mercadológica por meio do atendimento às demandas governamentais
1

Desafio/Oportunidade

  • Mercado potencial de compras públicas
2

O que se pretende alcançar

  • Aumento das vendas das empresas através das oportunidades geradas por instituições públicas
  • Maior número de empresas preparadas para fornecer para o governo
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
Câmara Automotiva Mineira
Conselho de Assuntos Legislativos (COAL) - FIEMG
Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (SINDIPEÇAS)
Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado de Minas Gerais (SINDIREPA/MG)

Associação Mineira de Municípios (AMM)
Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)
Ministério das Cidades
Ministério da Saúde
Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão de Minas Gerais (SEPLAG MG)
Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (SETOP MG)
Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE MG)
Secretaria de Estado da Fazenda de Minas Gerais (SEF MG)
Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES MG)
Secretaria de Estado de Defesa Social de Minas Gerais (SEDS MG)
Indústrias

1

Mapear demanda e identificar oportunidades de negócios com o governo e instituições públicas

Identificar demandas para a frota veicular do Governo de Minas e cidades com mais de 100 mil habitantes

Público alvo: segmentos de autopeças e serviços de reparadores automotivo

Preço estimado para a atividade:
R$ 250.000

2

Identificar empresas com potencial para atender às demandas do governo e instituições públicas

Realizar seleção das empresas

Empresas devem estar aptas a atender as demandas governamentais, isto é, devem estar treinadas e certificadas


3

Qualificar empresas para atendimento às demandas governamentais

Promover treinamento em compras governamentais

Público alvo: segmentos de autopeças e serviços de reparadores automotivos

Preço estimado para a atividade:
R$ 300/hora a R$ 500/hora

4

Intermediar negociações com governo e instituições públicas

Induzir discussões para uniformização de plataformas motoras em Minas Gerais

Público alvo: Secretaria de Planejamento de Minas Gerais, prefeituras e empresas do setor
Exemplo: Ônibus de transporte público

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Desenvolver cadeia de distribuição
1

Desafio/Oportunidade

  • Necessidade de melhorar a eficiência logística do setor
2

O que se pretende alcançar

  • Diminuição dos custos logísticos
  • Aumento da capacitação logística
  • Avaliação da estruturação de Centros de Distribuição Regionais de autopeças
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
SENAI - FIEMG
Câmara Automotiva Mineira
SEBRAE MG
Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (SINDIPEÇAS)
Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado de Minas Gerais (SINDIREPA MG)
Sindicato do Comércio Varejista de Automóveis e Acessórios de Belo Horizonte (SINCOPEÇAS/BH)
Sindicato das Empresas de Informática de Minas Gerais (SINDINFOR)
Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas do Estado de Minas Gerais (SETCEMG)
Associação Brasileira de Operadores Logísticos (ABOL)
Associação Nacional dos Distribuidores de Auto Peças (ANDAP)
Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (ANIP)
Instituto da Qualidade Automotiva (IQA)
Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA)
União Brasileira para a Qualidade (UBQ)
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET MG)
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas)
Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)
Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI)
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
Indústrias

1

Elaborar diagnóstico das deficiências e pontos de melhoria na cadeia de distribuição

Identificar gargalos logísticos das empresas

Recomenda-se realizar análise de ponta a ponta, da aquisição de matéria-prima à distribuição

Preço estimado para a atividade:
R$ 30.000 a R$ 55.000


Aproximar empresas e universidades que possuem cursos na área de transporte e logística, promovendo a conexão entre demandas do mercado e formação

Sugere-se identificar tanto cursos técnicos quanto de graduação, pós-graduação e extensão

2

Promover melhorias no sistema logístico

Estruturar e implantar programa de logística nas empresas

O programa deve aperfeiçoar processos de conferência da carga, reduzindo o tempo de recebimento nos distribuidores, varejistas e reparadores, otimizar tempo rodoviário de entregas, reduzindo o custo com eventual transporte aéreo e viabilizar operação durante o período noturno

Preço estimado para a atividade:
R$ 120/hora


Realizar estudo de viabilidade para estruturação de Centros de Distribuição Regionais das autopeças

Preço estimado para a atividade:
R$ 50.000

3

Estabelecer sistema de logística reversa para retorno de produtos com defeitos, devoluções e coleta de resíduos

Realizar benchmarking para disseminação de boas práticas de logística reversa

Apoiar adequação aos processos exigidos na logística reversa

Preço estimado para a atividade:
R$ 50.000 (nacional) a R$ 150.000 (internacional)


Coordenar sistema de logística reversa para produtos entregues com defeitos

Preço estimado para a atividade:
R$ 30.000 a R$ 55.000
        

Fortalecer adesão à programas já existentes

Exemplos: Programas Jogue Limpo e Reciclanip

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Desenvolver segmento de autopeças (2º e 3º níveis)
1

Desafio/Oportunidade

  • Ampliação do parque mineiro de fornecedores
2

O que se pretende alcançar

  • Aumento da capacidade inovativa das indústrias
  • Maior integração entre empresas do setor para o desenvolvimento de produtos
  • Aumento do número de indústrias mineiras como fornecedoras da cadeia automotiva brasileira
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
SENAI - FIEMG
Escritório de Prioridades - FIEMG
Centro de Inovação e Tecnologia – SENAI FIEMG
Câmara Automotiva Mineira
SEBRAE MG
Sindicato das Empresas de Informática de Minas Gerais (SINDINFOR)
Sindicato das Indústrias de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares do Vale da Eletrônica (SINDVEL)
Sindicato da Indústria de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares de Minas Gerais (SINAEES)
Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Itajubá (SIMMMEI)
Sindicato da Indústria do Material Plástico do Estado de Minas Gerais (SIMPLAST)
Sindicato da Indústria da Mecânica do Estado de Minas Gerais (SINDMEC)

BDMG
BNDES
Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI)
Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI)
Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX)
Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (CODEMIG)
Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (INDI)
Grupo FCA
Mercedez Benz
Indústrias

1

Realizar análise de mercado

Criar grupo de trabalho para discussão de proposições para a cadeia de fornecedores

Sugere-se a criação de um grupo voltado para "Mercado e Produto", vinculado à Câmara Automotiva Mineira

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Analisar oferta e demanda nacional de autopeças

A análise deve abranger montadoras, Original Equipment Manufacturer (OEM), canal independente e importação

Preço estimado para a atividade:
R$ 250.000

2

Estimular diversificação da linha de produtos


Foco em outros setores, como o aeroespacial e segmentos automotivos de maior valor agregado

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

3

Atrair investimentos

Planejar atração de investimentos em diferentes classes de produtos voltados para a indústria automotiva (leves e pesados)

Produtos de maior interesse: Semicondutores e Eletroeletrônicos; Acessórios metálicos; Plásticos
Regiões foco: Região Metropolitana de Belo Hoizonte, Sul de Minas (Itajubá e Santa Rita do Sapucaí) e região de Juiz de Fora
Buscar apoio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Indústria de Semicondutores e Displays - PADIS

Levantar linhas de crédito especiais para viabilizar investimentos, parceria estratégicas, fusões e aquisições empresariais

Potenciais parceiros: BDMG e BNDES

4

Promover parcerias empresariais

Estimular uso compartilhado de máquinas e equipamentos entre as empresas do mesmo polo

Realizar encontros de negócios

Público alvo: varejistas, distribuidores, reparadores e fornecedores de 1º nível e fornecedores mineiros de 2º e 3 nível (médio e longo prazo)

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Desenvolver segmento de serviços em reparos automotivos
1

Desafio/Oportunidade

  • Pouca conscientização da população sobre a importância da manutenção preventiva automotiva
2

O que se pretende alcançar

  • Promoção da imagem das empresas reparadoras de veículos
  • Aumento da integração entre empresas do setor
  • Maior eficiência na prestação de serviços automotivos
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
SENAI - FIEMG
Câmara Automotiva Mineira
Conselho de Assuntos Legislativos (COAL) - FIEMG
SEBRAE MG
Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado de Minas Gerais (SINDIREPA/MG)
Sindicato das Empresas de Informática de Minas Gerais (SINDINFOR)
Associação das Oficinas Reparadoras de Automóveis de Minas Gerais (ASSORA)
Grupo de Manutenção Automotiva (GMA)
Instituto da Qualidade Automotiva (IQA)
Indústrias

1

Criar rede credenciada de empresas

Criar programa de rede certificada e credenciada de reparadores de veículos

Potenciais parceiros: SENAI/MG, SINDIREPA/MG e ASSORA em Minas Gerais

Preço estimado para a atividade::
R$ 350.000

Reavaliar projeto BH 10, para a criação de um polo de reparadores com serviços compartilhados

Potenciais parceiros: SINDIREPA/MG e SEBRAE/MG

Preço estimado para a atividade:
R$ 80.000

2

Incentivar melhoria nos serviços de garantia

Realizar estudo de viabilidade de implementação de garantia integrada entre produtos e serviços de reparação automotiva

Preço estimado para a atividade:
R$ 30.000

Elaborar plano de implementação, de acordo com estudo realizado

Preço estimado para a atividade:
R$ 30.000

3

Incentivar serviços de atendimento personalizados

Estimular criação de serviços de atendimento personalizados e especializados para manutenção veicular e instalação de acessórios

Exemplo: Easy Carros

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000




Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Promover imagem do setor
1

Desafio/Oportunidade

  • Percepção negativa do setor pela sociedade
2

O que se pretende alcançar

  • Aumento da confiabilidade das empresas reparadoras
  • Melhoria da percepção do setor frente à sociedade
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
SENAI - FIEMG
Câmara Automotiva Mineira
SEBRAE MG
Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado de Minas Gerais (SINDIREPA/MG)
Sindicato das Empresas de Informática de Minas Gerais (SINDINFOR)
Associação das Oficinas Reparadoras de Automóveis de Minas Gerais (ASSORA)
Grupo de Manutenção Automotiva (GMA)
Instituto da Qualidade Automotiva (IQA)
Indústrias

1

Criar campanhas de comunicação com a sociedade para valorização do setor

Realizar ações conjuntas de marketing para trabalhar a melhoria da imagem e confiabilidade das empresas reparadoras mineiras junto à sociedade

Preço estimado para a atividade:
R$ 70.000 a R$ 150.000

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Para visualizar o conteúdo completo, acesse pelo desktop ou preencha o formulário abaixo e receba o material por e-mail.
Promover pesquisa aplicada e inovação em rede
1

Desafio/Oportunidade

  • Baixa interação entre universidades e empresas
  • Baixo índice de internalização pelas empresas de tecnologias provenientes das Instituições de Ciência e Tecnologia - ICTs
2

O que se pretende alcançar

  • Maior interação entre empresas e Instituições de Ciência e Tecnologia - ICTs
  • Maior número de projetos realizados em parceria entre empresas e Instituições de Ciência e Tecnologia - ICTs
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
SENAI - FIEMG
Centro de Inovação e Tecnologia – SENAI FIEMG
Câmara Automotiva Mineira
SEBRAE MG
Sindicato da Indústria do Material Plástico do Estado de Minas Gerais (SIMPLAST)
Sindicato das Indústrias de Artefatos de Borracha no Estado de Minas Gerais (SINBOR Minas)
Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA)
Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)

Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas)
Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET MG)
Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (FAPEMIG)
Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI)
Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI)
Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (SECTES MG)
Roland Berger Consultoria Estratégica
Sistemistas
OEM's
Grupo FCA
Indústrias

1

Sensibilizar empresários quanto à importância e benefícios da inovação e desenvolvimento tecnológico compartilhado

Benchmarking: Projeto Synergy

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

2

Mapear demanda por inovação tecnológica no mercado e relacioná-las às pesquisas em andamento nas instituições

Identificar oportunidades para desenvolvimento de projetos de inovação nas empresas 

Preço estimado para a atividade:
R$ 50.000 a R$ 70.000

Identificar competências e pesquisas em andamento nos Institutos de Ciência e Tecnologia compatíveis com as oportunidades ou necessidades do mercado

Sugere-se considerar possibilidade de implantação do proNUTTI

Preço estimado para a atividade:
R$ 3.000 a R$ 6.000 (serviço prestado às empresas)

3

Incentivar integração dos agentes do setor para troca de informações e conhecimento

Realizar encontros técnicos (tecdays) entre montadoras, sistemistas e OEM’s 

O objetivo é a identificação dos gaps e demandas tecnológicas e preparação da base de fornecedores de leves e pesados (2º e 3º nível) para demandas futuras 

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Articular parcerias entre Instituições de Ciência e Tecnologia - ICTs e centros de pesquisa brasileiros e internacionais para intercâmbio de conhecimentos

4

Estimular desenvolvimento colaborativo e transferência de tecnologia entre os agentes do setor

Elaborar instrumento formal de parceria entre empresas e instituições para uso compartilhado de infraestruturas e tecnologias

Potencial parceiro: Câmara Automotiva Mineira

Articular integração entre os agentes para desenvolvimento de pesquisa aplicada ao setor

Sugere-se utilizar editais de demanda induzida e bolsas de pesquisa aplicada
Potencial parceiro: Câmara Automotiva Mineira

Criar grupo de trabalho em Inovação e Tecnologia para articulação de projetos colaborativos e troca de experiências

Sugere-se vincular grupo à Câmara Automotiva Mineira

Desenvolver projetos piloto de codesign entre montadoras, sistemistas e fornecedores 

Sugere-se que os projetos sejam direcionados para produção de autopeças, especialmente, no segmento de veículos pesados

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Promover inovação sistêmica nas empresas
1

Desafio/Oportunidade

  • Linhas de produtos baseadas no que já existe no mercado
  • Pouca atividade inovativa estruturada
2

O que se pretende alcançar

  • Implantação de práticas e processos para estruturação de um sistema de inovação e desenvolvimento de novos produtos internamente nas empresas
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
SENAI - FIEMG
Centro de Inovação e Tecnologia – SENAI FIEMG
Câmara Automotiva Mineira
SEBRAE MG
Sindicato da Indústria do Material Plástico do Estado de Minas Gerais (SIMPLAST)
Sindicato das Indústrias de Artefatos de Borracha no Estado de Minas Gerais (SINBOR Minas)
Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA)
Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas)
Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET MG)
Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (FAPEMIG)
Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI)
Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI)
Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (SECTES MG)
Roland Berger Consultoria Estratégica
Indústrias

1

Direcionar pesquisas tecnológicas

Implantar programa de inovação de autopeças com foco em automação industrial, qualificação do corpo técnico empresarial em Pesquisa Desenvolvimento e Inovação - PD&I e criação/adequação de linhas de financiamentos

Adotar como referência o Programa Inovar Auto

2

Mapear competências para inovação nas empresas

Realizar trabalho individual com empresas para identificar e qualificar os profissionais do atual corpo técnico das empresas em Pesquisa Desenvolvimento e Inovação - PD&I

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Impulsionar informatização e automação dos processos produtivos
1

Desafio/Oportunidade

  • Oportunidade de desenvolvimento da automação dos processos produtivos do setor
  • Utilização da digitalização na produção automotiva
  • Modernizações adivindas da implantação de conceitos avançados em automação industrial
2

O que se pretende alcançar

  • Modernização e aumento da produtividade dos processos de produção
  • Aumento do conhecimento empresarial sobre as referências atuais em automação industrial (Indústria 4.0)
  • Crescimento do volume de financiamentos voltados para inovação a empresas do setor
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
SENAI - FIEMG
Centro de Inovação e Tecnologia – SENAI FIEMG
Câmara Automotiva Mineira
SEBRAE MG
Sindicato das Empresas de Informática de Minas Gerais (SINDINFOR)
Sindicato das Indústrias de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares do Vale da Eletrônica (SINDVEL)
Sindicato da Indústria de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares de Minas Gerais (SINAEES)
Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Itajubá (SIMMMEI)
Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA)
Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP)
Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas)
Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET MG)
Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (FAPEMIG)
Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI)
Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI)
Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (SECTES MG)
Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (CODEMIG)
Roland Berger Consultoria Estratégica
Indústrias

1

Mapear necessidades do setor

Identificar gaps em automação industrial nas empresas

Sugere-se avaliar principalmente a infraestrutura e recursos humanos

Preço estimado para a atividade:
R$ 90.000

2

Estimular evolução dos processos produtivos para aproximação de conceitos avançados em automação industrial

Realizar missões e benchmarking com centros de referência para identificação de novas tecnologias, aplicações e modelos de negócio 

Benchmarking: modelo alemão conhecido por Indústria 4.0

Preço estimado para a atividade:
R
$ 50.000 (nacional) a R$ 150.000 (internacional)

Promover seminários técnicos sobre novas tecnologias de automação, conceitos e modelos

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Viabilizar cooperações internacionais para transferência de conhecimento

Integrar empresas aos polos tecnológicos de Eletroeletrônica e Tecnologia da Informação para apoio na implantação de sistemas de gestão e automação

Sugere-se considerar os polos da Região Metropolitana de Belo Horizonte e de Santa Rita do Sapucaí, no Sul de Minas Gerais

Preço estimado para a atividade:
R$ 50.000

Fomentar criação de projetos piloto de automação industrial com base nos conceitos da Indústria 4.0

Sugere-se abordar nos projetos piloto veículos autônomos, plataforma para compartilhamento de carretas de carga, plataformas de manutenção e operação de equipamentos modernos de interesse comum

3

Viabilizar economicamente desenvolvimento ou aquisição de sistemas de produção

Articular criação de linhas de financiamento voltadas ao aumento no nível de automação das indústrias do setor

    Preparar empresários para obtenção de linhas de crédito e financiamento para automação e informatização

    Sugere-se parceria com a Gerência de Capitalização e Financiamento da FIEMG por meio de seus postos avançados nas Regionais FIEMG, para facilitação empresarial para obtenção de financiamentos

    Transforme essas informações em negócios.

    Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
    e converse com a equipe técnica da FIEMG.

    Para visualizar o conteúdo completo, acesse pelo desktop ou preencha o formulário abaixo e receba o material por e-mail.
    Apoiar empresas do setor na adequação às Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE)
    1

    Desafio/Oportunidade

    • Dificuldade de adequação das indústrias do setor para atendimento às Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego - MTE
    2

    O que se pretende alcançar

    • Melhoria das condições de trabalho e segurança da mão de obra do setor
    • Atendimento às Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego - MTE (pincipalmente NR12) de forma estruturada, com investimentos planejados
    • Minimização do risco de autuação pelo não cumprimento das exigências legais de saúde e segurança que regulamentam o setor
    3

    Stakeholders

    IEL-FIEMG
    SENAI–FIEMG
    SESI-FIEMG
    Câmara Automotiva Mineira
    SEBRAE MG
    Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (SINDIPEÇAS)
    Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado de Minas Gerais (SINDIREPA/MG)

    BNDES
    BDMG
    Ministério do Trabalho e Emprego (MTE)

    Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social de Minas Gerais (SEDESE/MG) 
    Indústrias

    1

    Disseminar noções básicas de saúde e segurança

    Ampliar divulgação da cartilha de noções básicas de saúde e segurança do trabalho, elaborada pelo SESI - MG

    Disponível em: http://www7.fiemg.com.br/sesi/produto/saude-e-seguranca-no-trabalho

    Preço estimado para a atividade:
    R$ 5.000 a R$ 25.000

    2

    Ampliar Programa Indústria Segura do SESI - MG

    Realizar consultoria técnica para apoiar as empresas no cumprimento das exigências das Normas Regulamentadoras

    Preço estimado para a atividade:
    R$ 20.000


    Realizar auditorias simuladas nas empresas participantes para verificação quanto ao atendimento às normas

    Verificar desde as adequações até a organização obrigatória da documentação referente às exigências trabalhistas da empresa


    Realizar estudo de viabilidade dos investimentos necessários à adequação do parque industrial das empresas participantes

    Foco no planejamento financeiro das empresas para a realização do investimento

    Preço estimado para a atividade:
    R$ 30.000 a R$ 50.000

    3

    Divulgar linhas de crédito específicas para adequações às Normas Regulamentadoras

    Ampliar divulgação das linhas de crédito disponíveis para investimentos no cumprimento das Normas Regulamentadoras

    Para mais informações, consulte: financiamento@fiemg.com.br e
    http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/bndes/bndes_pt/Institucional/Apoio_Financeiro/Programas_e_Fundos/finame_moderniza.html

    Preço estimado para a atividade:
    R$ 5.000 a R$ 25.000

    Transforme essas informações em negócios.

    Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
    e converse com a equipe técnica da FIEMG.

    Apoiar empresas do setor na realização da Análise Ergonômica do Trabalho (AET)
    1

    Desafio/Oportunidade

    • Dificuldade de adequação das indústrias do setor para atendimento à norma NR 17 - Ergonomia do Ministério do Trabalho e Emprego - MTE
    2

    O que se pretende alcançar

    • Melhoria das condições de trabalho e segurança da mão de obra do setor
    • Adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, proporcionando máximo conforto, segurança e desempenho eficiente
    3

    Stakeholders

    IEL - FIEMG
    SENAI – FIEMG
    SESI - FIEMG
    Câmara Automotiva Mineira
    SEBRAE MG
    Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (SINDIPEÇAS)
    Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado de Minas Gerais (SINDIREPA/MG)
    BNDES
    BDMG
    Ministério do Trabalho e Emprego (MTE)
    Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social de Minas Gerais (SEDESE MG) 
    Indústrias

    1

    Realizar consultoria técnica especializada para avaliação ergonômica do trabalho

    Identificar pontos de medição ambiental e postos de trabalho


    Analisar aspectos ergonômicos nas empresas

    Na execução da atividade considerar a visualização de posturas, esforço, mobiliário e equipamentos

    Preço estimado para a atividade:
    R$ 15.000


    Identificar pontos de risco ergonômico e elaborar tabela de custos humanos do trabalho


    Elaborar Laudo Ergonômico das dependências da empresa


    Realizar reunião de entrega dos relatórios, esclarecimentos de dúvidas e apresentação de soluções

    Preço estimado para a atividade:
    R$ 5.000 a R$ 25.000

    Transforme essas informações em negócios.

    Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
    e converse com a equipe técnica da FIEMG.

    Estimular Inspeção Técnica Veicular
    1

    Desafio/Oportunidade

    • Necessidade de aprimorar a Inspeção Técnica Veicular
    • Pouca disseminação da importância da Inspeção Técnica Veicular
    2

    O que se pretende alcançar

    • Aumento nas vendas das indústrias de autopeças e das empresas de reparação veicular
    • Estímulo à Inspeção Técnica Veicular
    • Melhoria da estrutura das unidades de treinamento e tecnologia do setor vinculadas ao SENAI/MG
    3

    Stakeholders

    IEL - FIEMG
    SENAI - FIEMG
    Centro de Inovação e Tecnologia – SENAI FIEMG
    Escritório de Prioridades - FIEMG
    Conselho de Assuntos Legislativos (COAL) - FIEMG
    Câmara Automotiva Mineira
    SEBRAE MG
    Grupo de Manutenção Automotiva (GMA)
    Instituto da Qualidade Automotiva (IQA)
    Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)
    Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO)
    Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG)
    Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (SEMAD MG)
    Fundação Estadual do Meio Ambiente (FEAM)
    Indústrias


    1

    Criar modelo de Inspeção Técnica Veicular no Estado

    Realizar consultoria para criação de modelo de Inspeção Técnica Veicular - ITV adequado ao contexto de Minas Gerais

    Benchmarking: Modelo de ITV da União Européia

    Preço estimado para a atividade:
    R$ 150.000


    Realizar estudo de viabilidade para se tornar obrigatória a Inspeção Técnica Veicular - ITV na renovação anual do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos - CRLV, proposta na PL nº 1821/2011


    Incluir recomendações constantes no Plano de Controle de Poluição Veicular da FEAM no modelo de Inspeção Técnica Veicular - ITV proposto

    2

    Acompanhar estudos realizados pelo MDIC e DENATRAN para implantação de um sistema nacional de Inspeção Veicular


    Estudos realizados no âmbito do Programa "Brasil Maior"
    Potenciais parceiros: MDIC e DENATRAN

    3

    Criar campanha de sensibilização sobre a importância e necessidades das ITV's como ferramenta preventiva de segurança e qualidade


    Referências: Aplicativo Carro 100% e Evento Pit Stop

    Preço estimado para a atividade:
    R$ 5.000 a R$ 25.000

    4

    Aprimorar estrutura tecnológica do Centro Automotivo e IST Automotivo do SENAI/MG

    Instalar equipamentos para realização de ensaios e treinamentos diversos

    Exemplos: Ensaios e testes de segurança (crash test) e emissões de gases

    Transforme essas informações em negócios.

    Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
    e converse com a equipe técnica da FIEMG.

    Estimular destinação econômico-ambiental de resíduos
    1

    Desafio/Oportunidade

    • Altos custos de tratamento de resíduos
    • Necessidade de adequar a destinação dos resíduos gerados pela indústria à prática mais sustentáveis
    • Potencial não explorado de reciclagem no setor
    2

    O que se pretende alcançar

    • Cumprimento da Lei Federal de Desmanche no estado
    • Maior participação em programas de destinação sustentável dos resíduos
    3

    Stakeholders

    IEL - FIEMG
    SENAI - FIEMG
    Câmara Automotiva Mineira
    Escritório de Prioridades - FIEMG
    Conselho de Assuntos Legislativos (COAL) - FIEMG
    SEBRAE MG
    Confederação Nacional da Indústria (CNI)
    Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET MG)
    Japan International Cooperation Agency (JICA)
    Departamento de Trânsito de Minas Gerais (DETRAN MG)
    Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (SEMAD MG)
    Fundação Estadual de Meio Ambiente (FEAM)
    Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais (SEF MG)
    Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
    Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (INDI)
    Grupo FCA
    Mercedez Benz
    Indústrias

    1

    Articular modelo de incentivo à reciclagem automotiva

    Articular regulamentação e implantação da Lei do Desmanche no Estado

    Regida pela Lei Federal nº12.977/2014
    Avaliar interface com Lei Federal de Resíduos Sólidos

    Mapear impacto econômico da inserção de peças usadas/remanufaturadas nas indústrias de autopeças e montadoras mineiras

    Preço estimado para a atividade:
    R$ 150.000


    Definir modelo de reciclagem a ser trabalhado em Minas Gerais para destinação das sucatas e resíduos gerados na produção

    Deverá ser avaliada interface com Lei Federal de Resíduos Sólidos

    Preço estimado para a atividade:
    R$ 150.000

    2

    Promover reutilização de resíduos

    Estimular empresas a participarem em projetos de reciclagem e reutilização de resíduos já existentes

    Programas identificados: Programa Mineiro de Simbiose Industrial; Sistema Integrado de Bolsa de Resíduos (SIBR); Programa Árvore da Vida da FIAT

    Transforme essas informações em negócios.

    Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
    e converse com a equipe técnica da FIEMG.

    Apoiar empresas na obtenção de certificação
    1

    Desafio/Oportunidade

    • Dificuldade de atender à alta demanda por componentes automotivos com certificação de qualidade, segurança e sustentabilidade
    2

    O que se pretende alcançar

    • Aumento do número de empresas com certificados de qualidade e sustentabilidade
    3

    Stakeholders

    IEL - FIEMG
    SENAI - FIEMG
    Câmara Automotiva Mineira
    SEBRAE MG
    Instituto da Qualidade Automotiva (IQA)
    União Brasileira para a Qualidade (UBQ)
    Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)
    Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO)
    Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)
    Departamento de Trânsito de Minas Gerais (DETRAN MG)
    Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
    Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (SEMAD MG)
    Fundação Estadual do Meio Ambiente (FEAM)
    Indústrias

    1

    Mapear situação atual das empresas frente às certificações

    Realizar diagnósticos individuais das empresas em relação ao atendimento às normas técnicas do SBAC/INMETRO para Componentes Automotivos

    Levantar principais dificuldades do setor em geral na obtenção de certificações compulsórias e voluntárias

    Exemplos: ISO/TS 16949, ISO 9004 e ISO 14001

    Preço estimado para a atividade:
    R$ 50.000 a R$ 70.000

    2

    Preparar empresas para obtenção de certificações

    Divulgar boas práticas e diretrizes para obtenção de certificações compulsórias e voluntárias

    Sugere-se ofertar consultoria e elaborar materiais informativos

    Preço estimado para a atividade:
    R$ 5.000 a R$ 25.000


    Implantar projeto para certificação voluntária de reparadores automotivos em temas como qualidade e gestão ambiental

    A atividade deverá ser realizada em sinergia com projeto realizado pelo Sebrae/MG para certificação do setor


    Divulgar linhas de crédito para realização das melhorias exigidas pelas certificações


    Preço estimado para a atividade:
    R$ 5.000 a R$ 25.000

    3

    Orientar consumidores quanto aos diferenciais de qualidade das empresas

    Articular criação de um Ranking de Autopeças Certificadas

    A atividade deverá ter foco na orientação e conscientização do consumidor final

    Transforme essas informações em negócios.

    Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
    e converse com a equipe técnica da FIEMG.

    Apoiar empresas a cumprirem as exigências regulatórias
    1

    Desafio/Oportunidade

    • Dificuldade no atendimento às exigências regulatórias
    • Necessidade de atendimento à logística reversa
    2

    O que se pretende alcançar

    • Aumento do número de empresas que atendem aos condicionantes ambientais exigidos
    • Disseminação das orientações do Guia Técnico Ambiental do Setor de Reparação Automotiva
    3

    Stakeholders

    IEL - FIEMG
    SESI - FIEMG
    Câmara Automotiva Mineira
    Sindicato das Indústrias de Artefatos de Borracha no Estado de Minas Gerais (SINBOR Minas)
    Sindicato da Indústria do Material Plástico do Estado de Minas Gerais (SIMPLAST)
    Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (SINDIPEÇAS)
    Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado de Minas Gerais (SINDIREPA/MG)

    Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (ANIP)
    Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP)
    Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (ABINEE)
    BDMG
    Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)
    Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
    Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (SEMAD MG)
    Fundação Estadual do Meio Ambiente (FEAM)
    Indústrias

    1

    Avaliar grau de adequação das empresas às exigências regulatórias ambientais

    Diagnosticar maturidade das empresas no atendimento aos condicionantes ambientais

    Foco em empresas de autopeças e prestadoras de serviço de reparadoros automotivos


    Avaliar qualidade da água no entorno dos polos de autopeças

    A atividade deve incluir a estruturação de plano de correção de emissão de efluentes nos cursos d'água

      2

      Preparar empresas para se adequarem às exigências regulatórias ambientais

      Estudar alternativas para cumprimento das condicionantes ambientais, tendo como base os apontamentos do diagnóstico realizado

      Divulgar linhas de crédito voltadas ao financiamento de projetos ambientais

      Parceiros: BDMG e Programa Minas Sustentável

      Preço estimado para a atividade:
      R$ 5.000 a R$ 25.000


      Incentivar implantação das recomendações do Guia Técnico Ambiental do setor

      Guia Técnico Ambiental elaborado pela FIEMG em parceria com FEAM

      Preço estimado para a atividade:
      R$ 5.000 a R$ 25.000

      3

      Auxiliar operacionalização da logística reversa do setor, conforme política nacional e estadual de resíduos sólidos

      Apoiar empresas na adequação dos processos exigidos pela logística reversa

      Foco nas empresas dos segmentos em que a legislação exige a logística reversa


      Estudar alternativas para cumprimento das exigências da logística reversa pelas indústrias mineiras e pelos importadores

      Benchmarking e adesão a programas como Reciclanip e Jogue Limpo

      Transforme essas informações em negócios.

      Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
      e converse com a equipe técnica da FIEMG.

      Acompanhar execução do Plano Brasil Maior
      1

      Desafio/Oportunidade

      • Baixa integração com ações federais voltada ao setor
      2

      O que se pretende alcançar

      • Maior participação da indústria mineira nas decisões nacionais do setor
      • Maior aproximação com órgãos nacionais de grande influência no setor
      3

      Stakeholders

      IEL - FIEMG
      Escritório de Prioridades - FIEMG
      Conselho de Assuntos Legislativos (COAL) - FIEMG
      Câmara Automotiva Mineira
      Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)
      Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX)
      Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO)
      Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)
      Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI)
      Indústrias

      1

      Mapear ações do Plano Brasil Maior

      Levantar status de cada ação prevista no plano para o setor


      Avaliar posição do setor em Minas Gerais frente a cada ação sugerida

      2

      Aproximar empresas e governança à órgãos nacionais que exercem influência sobre o setor

      Monitorar, junto ao MDIC e APEX, as tratativas para permissão do envio de máquinas usadas das sedes de empresas de autopeças e montadoras para as filiais brasileiras


      Articular junto ao MDIC adequações no Plano Brasil Maior para atendimento dos interesses da indústria de autopeças mineira


      Apoiar estreitamento do relacionamento entre empresas e Comitê Brasileiro de Qualidade da ABNT, promovendo a discussão de demandas do setor no âmbito da regulação

      A atividade deverá contemplar a realização de ajustes em normas que dizem respeito à escalabilidade (porte)

      Transforme essas informações em negócios.

      Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
      e converse com a equipe técnica da FIEMG.

      Integrar empresas e sindicatos trabalhistas
      1

      Desafio/Oportunidade

      • Baixa integração empresarial para negociações coletivas trabalhistas
      2

      O que se pretende alcançar

      • Maior eficiência no processo de negociação coletiva com sindicatos de trabalhadores
      • Diminuição de problemas trabalhistas nas empresas
      3

      Stakeholders

      IEL - FIEMG
      SENAI - FIEMG
      SESI - FIEMG
      Câmara Automotiva Mineira
      Confederação Nacional da Indústria (CNI)
      Indústrias

      1

      Articular criação de um grupo de trabalho em Negociações Trabalhistas

      Uniformizar conduta das empresas e sindicatos patronais nos acordos coletivos de trabalho

      Sugere-se vincular grupo de trabalho à Câmara Automotiva Mineira


      Levantar custos laborais das empresas por região

      Deverá ser realizado o levantamento dos benefícios negociáveis com os sindicatos de trabalhadores

      Preço estimado para a atividade:
      R$ 50.000 a R$ 70.000

      Identificar oportunidades de melhoria nas relações laborais para aumento de competitividade, estudando as alternativas levantadas

      Exemplos: uso de terceirização, banco de horas e adequação da jornada de trabalho às necessidades do mercado

      Transforme essas informações em negócios.

      Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
      e converse com a equipe técnica da FIEMG.

      Para visualizar o conteúdo completo, acesse pelo desktop ou preencha o formulário abaixo e receba o material por e-mail.

      Ações em destaque no setor

      PCIR realiza 3ª etapa do Lean Manufacturing para setores metalmecânico e automotivo

      Ação em parceria com SINBORMINAS e SINDIPEÇAS apresentaram ferramentas de produtividade e logística

      PCIR realiza ação de manufatura enxuta para o setor automotivo

      Capacitação é voltada para empresas de autopeças e plásticos industriais

      Baixe o Plano Setorial
      Automotivo

      Bons investimentos nascem de informações precisas.

      Preencha o formulário abaixo e receba gratuitamente o material completo de todas as regiões em seu e-mail.