Carnes

JUNTOS PELA COMPETITIVIDADE DA INDÚSTRIA E PRODUÇÃO DE ALIMENTOS DE QUALIDADE NO ESTADO

Imagem do setor - Carnes

Mapa do setor - Carnes

Este setor tem grande potencial nas regiões apontadas no mapa.

O BRASIL É UM DOS MAIORES PRODUTORES E CONSUMIDORES DE CARNE 

O Brasil se destaca no cenário internacional como um dos maiores produtores e consumidores de carnes, e as projeções para os próximos anos ressaltam a importância do setor também na economia nacional.  Apesar de sua relevância no cenário internacional, a maior parte da produção nacional deste setor é destinada ao consumo interno. Minas Gerais apresenta o segundo maior rebanho efetivo de bovinos do Brasil, o quarto em termo de suínos, o quinto em aves de corte e o terceiro em estabelecimentos industriais para fabricação de produtos da carne.

Ações por temas

Escolha um dos temas abaixo e conheça o plano de ações específico que irá transformar os desafios em oportunidades de crescimento.

LISTA DE AÇÕES


Ação Curto Prazo LegendaCurto prazo
Até 1 ano
Ação Médio Prazo LegendaMédio prazo
De 1 a 3 anos
Ação Longo Prazo LegendaLongo prazo
Acima de 3 anos
Alinhar oferta de profissionais com a demanda do setor, em quantidade e qualidade
1

Desafio/Oportunidade

  • Escassez de profissionais de nível superior e técnico para atuação no setor
  • Desconexão entre matriz de ensino e demandas do mercado
  • Necessidade de inserir os estudantes na realidade empresarial
2

O que se pretende alcançar

  • Adequação da oferta de cursos em áreas correlatas às demandas específicas do setor
  • Alinhamento da formação profissional à realidade e necessidades do mercado
3

Stakeholders

IEL - FIEMG 
SENAI - FIEMG
SEBRAE MG 
Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG)
Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)
Associação dos Suinocultores de Minas Gerais (ASEMG)
Universidade Federal de Viçosa (UFV)
Universidade Federal de Lavras (UFLA)
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (SEAPA MG)
Indústrias

1

Aproximar instituições de ensino e empresas do setor

        Propor às instituições de ensino as adequações necessárias na matriz curricular alinhadas a demanda técnica do setor

        Articular parcerias para inserção dos estudantes na realidade do campo, para aplicação prática e preparação para atuação como agentes de melhoramento genético por meio de inseminação artificial

        Público alvo: jovens graduandos
        A atividade deve contemplar fases de capacitação e aplicação prática no campo
        Promover divulgação da iniciativa como forma de incentivo à retenção da mão de obra

        2

        Articular parcerias entre instituições de ensino e órgãos regulatórios

        Expandir realização de convênios para programas de estágio em órgãos regulatórios

        Foco em órgãos como o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA e Instituto Mineiro de Agropecuária - IMA
        Pùblico alvo: estudantes dos últimos anos de graduação

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Desenvolver competências básicas da mão de obra operacional
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Baixa qualificação básica da mão de obra operacional
        2

        O que se pretende alcançar

        • Fluxo contínuo e de longo prazo de capacitação básica da mão de obra das indústrias de carnes de Minas Gerais
        • Aumento do nível de capacitação básica da mão de obra do setor
        • Valorização dos funcionários e consequente aumento da qualidade e produtividade
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG 
        SESI - FIEMG
        SEBRAE MG
        Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG
        )

        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)
        Associação dos Suinocultores de Minas Gerais (ASEMG)

        Secretaria de Estado de Educação (SEE MG)
        Indústrias

        1

        Levantar necessidades de capacitação básica das empresas do setor

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 30.000 a R$ 80.000

        2

        Estimular formação complementar de nível básico para quem possui ensino médio incompleto

        Sugere-se incentivar a participação em Cursos EJA (Ensino para Jovens e Adultos), que devem acontecer em horários facilitados, realizados nas empresas ou em parcerias com instituições de ensino municipais e estaduais

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Desenvolver competências técnicas da mão de obra operacional
        1

        Desafio/Oportunidade

        •  Baixa qualificação técnica da mão de obra operacional
        2

        O que se pretende alcançar

        • Melhoria da capacitação da mão de obra operacional das empresas, com direcionamento para as necessidades do setor
        • Maior interação entre instituições de ensino e empresas
        • Melhoria na qualidade dos produtos e resultados das empresas
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG 
        SENAI - FIEMG
        SEBRAE MG 
        Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG)
        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)
        Associação dos Suinocultores de Minas Gerais (ASEMG)
        Universidade Federal de Viçosa (UFV)
        Universidade Federal de Lavras (UFLA)
        Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
        Indústrias

        1

        Analisar compatibilidade entre oferta e demanda por capacitação, por meio de mapeamento

        Levantar necessidades de capacitação técnica das empresas do setor

        A atividade deverá contemplar também o levantamento de possíveis temas/conteúdo programático necessário para atender às demandas identificadas

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 30.000 a R$ 80.000

        Levantar cursos e serviços de capacitação técnica disponíveis em Minas Gerais

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 20.000

        2

        Ofertar capacitação técnica de acordo com as caraterísticas e necessidades específicas do setor 

        Realizar treinamento temático nas empresas, customizado para suas demandas específicas

        A capacitação deve ser ofertada em módulos in company, em temas como mecânica, elétrica e manutenção de máquinas e equipamentos, caldeiraria, processos produtivos, boas práticas na fabricação de alimentos, gestão da qualidade, saúde e segurança do trabalho, sustentabilidade e meio ambiente

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 120/hora

        Intermediar formação de turmas coletivas

        3

        Disseminar procedimentos, conceitos e práticas de referência na fabricação de alimentos e controle da produção

        Realizar treinamento com proprietarios, encarregados, supervisores e manipuladores

        A capacitação deverá ser realizada em módulos
        Temas sugeridos: procedimentos de higienização e manipulação de alimentos; normas legais e melhores praticas de armazenamento e conservação; submissão de projetos junto aos órgãos regulatórios
        Sugere-se a relização de turmas coletivas

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 120/hora

        Ofertar consultorias técnicas para adequação dos planos de autocontrole e processos de higiene e manipulação de alimentos e regulamentação e submissão de projetos

        Deverão ser ofertadas consultorias individuais
        Na execução da atividade considerar a verificação e aprimoramento dos controles e processos de higiene e manipulação de alimentos, com base na legislação que regulamenta a atividade (Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal - RIISPOA); submissão de projetos junto aos órgãos regulatórios; auxílio na elaboração e submissão de projetos de registro de estabelecimentos e de novos produtos para as indústrias do setor

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Desenvolver profissionais especializados para o setor
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Escassez de consultores capacitados em segurança alimentar e no desenvolvimento de planos de controle de produção
        • Baixo conhecimento dos profissionais atuantes no setor sobre boas práticas na produção de alimentos e exigências regulatórias
        • Entraves para aprovação de novas plantas, produtos e embalagens junto aos órgãos regulatórios
        2

        O que se pretende alcançar

        • Maior aprofundamento dos especialistas atuantes nas indústrias do setor
        • Atendimento às exigências da inspeção industrial e sanitária de produtos de origem animal, minimizando as não conformidades
        • Melhoria da capacitação em segurança alimentar
        • Redução do retrabalho, por meio da minimização de falhas técnicas nos projetos apresentados aos órgãos regulatórios e consequente diminuição no prazo para aprovação dos projetos
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG 
        SENAI - FIEMG
        SEBRAE MG 
        Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG)
        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)
        Associação dos Suinocultores de Minas Gerais (ASEMG)
        Universidade Federal de Viçosa (UFV)
        Universidade Federal de Lavras (UFLA)
        Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
        Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (SEAPA MG)
        Indústrias

        1

        Estruturar modelo de parceria entre empresas, órgãos regulatórios e universidades para formação especializada em segurança alimentar

        Formatar conteúdo programático e definir requisitos técnicos para curso de formação de consultores em segurança alimentar, observando as exigências dos órgãos reguladores

        Público alvo: jovens graduandos e consultores do mercado
        Os treinamentos devem envolver etapas teóricas e práticas nas empresas

        2

        Articular parcerias entre instituições de ensino e órgãos regulatórios

        Ofertar capacitação especializada em segurança alimentar e exigências sanitárias

        A capacitação deverá incluir etapas teóricas e práticas, contemplando infomações sobre exigências legais vigentes e padrões tecnológicos estabelecidos pelos órgãos regulatórios

        Promover reciclagem dos consultores atuantes no setor, melhorando qualidade do atendimento às empresas

        Promover chamada pública para selecionar consultores já atuantes no setor para serem capacitados

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Desenvolver competências gerenciais
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Baixo conhecimento dos processos de gestão empresarial nas empresas
        2

        O que se pretende alcançar

        • Fortalecimento de lideranças empresariais para tomada de decisão com base no direcionamento estratégico, diretrizes e prioridades estratégicas da empresa
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG 
        SENAI - FIEMG
        SEBRAE MG 
        Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG)
        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)
        Associação dos Suinocultores de Minas Gerais (ASEMG)
        Universidade Federal de Viçosa (UFV)
        Universidade Federal de Lavras (UFLA)
        Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
        Indústrias

        1

        Ofertar capacitação gerencial direcionada às demandas do setor 

        Realizar treinamento customizado ou com foco temático nas indústrias

        Foco em Gestão Estratégica, considerando os temas como liderança, gestão empresarial, marketing, inovação, gestão de fornecedores, tributação, planejamento estratégico, mercados futuros e barreiras tarifárias

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 500/hora a R$ 800/hora


        Ofertar consultoria individual nas empresas para aplicação dos conhecimentos adquiridos na capacitação

        A consultoria deverá abordar a elaboração do planejamento estratégico, com criação de matriz de oportunidades e ameaças, definição de posicionamento de mercado e formação de estratégia de preços

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 200/hora a R$ 300/hora

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Desenvolver competências gerencias rurais
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Falta de capacitação no campo, em aspectos gerenciais, técnicos e de manejo e transporte de animais para o abate, prejudicando a qualidade da carne
        2

        O que se pretende alcançar

        • Melhoria dos processos gerenciais da atividade rural, aumentando produtividade e lucratividade da atividade
        • Melhoria da qualidade da carne entregue à indústria
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG 
        SENAI - FIEMG
        SEBRAE MG 
        Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG)
        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)
        Associação dos Suinocultores de Minas Gerais (ASEMG)
        Universidade Federal de Viçosa (UFV)
        Universidade Federal de Lavras (UFLA)
        Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
        Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (SEAPA MG)
        Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (EMATER MG)
        Indústrias

        1

        Ofertar capacitação para empresários rurais

        Ofertar capacitação para produtores, com conteúdo aplicado à realidade rural

        Temas sugeridos: liderança, gestão empresarial, marketing, planejamento estratégico, barreiras tarifárias, boas práticas de manejo com foco no carregamento e transporte de animais vivos para o abate


        Preço estimado para a atividade:
        R$ 200/hora a R$ 300/hora

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Facilitar práticas de Gestão de Recursos Humanos
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Baixa retenção da mão de obra
        • Baixo comprometimento e motivação dos colaboradores
        2

        O que se pretende alcançar

        • Estruturação de processos de Gestão de Recursos Humanos nas indústrias
        • Melhor nível de qualidade de vida e grau de satisfação dos trabalhadores
        • Engajamento dos trabalhadores com os desafios e resultados da empresa
        • Aumento do tempo de permanência dos trabalhadores nas empresas e crescimento nos cargos ocupados e funções desempenhadas
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG 
        SENAI - FIEMG
        SEBRAE MG 
        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)
        Associação dos Suinocultores de Minas Gerais (ASEMG)
        Universidade Federal de Viçosa (UFV)
        Universidade Federal de Lavras (UFLA)
        Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
        Indústrias

        1

        Desenvolver políticas e processos de Gestão de Recursos Humanos nas empresas

        Promover capacitação e consultoria técnica especializada para estruturação do RH das empresas

        Na execução da atividade considerar o desenvolvimento de planos de cargos, salários e benefícios, retenção e capacitação de talentos, desenvolvimento de lideranças e diálogo

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 120/hora

        Sensibilizar as empresas quanto à importância da realização de práticas de Gestão Recursos Humanos e de seu impacto na produtividade

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 5.000 a R$ 25.000

        Divulgar junto aos funcionários os benefícios praticados pelas empresas

        2

        Realizar ações de valorização e de bem estar dos funcionários do setor

        Promover programas de saúde e bem estar dos funcionários das indústrias do setor por meio de atividades físicas e culturais

        Promoção de palestras em temas como saúde, redução do stress, consumo de álcool e outras drogas, e gestão financeira familiar; Divulgação de Programas como o SESI Ginástica na Empresa e DESEV - Diagnóstico de Saúde e Estilo de Vida; Promoção de eventos de lazer envolvendo a família dos colaboradores e campanhas educativas em saúde e qualidade de vida

        Para mais informações, consulte:

        http://www7.fiemg.com.br/sesi/produto/sesi-industria-saudavel

        http://www7.fiemg.com.br/sesi/produto/ginastica-na-empresa

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Para visualizar o conteúdo completo, acesse pelo desktop ou preencha o formulário abaixo e receba o material por e-mail.
        Expandir atuação mercadológica
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Baixo conhecimento de tendências, oportunidades de mercado e posicionamento estratégico
        2

        O que se pretende alcançar

        • Participação das indústrias do setor do Estado em mercados nacionais e internacionais ainda não explorados
        • Aumento da eficácia de atuação no mercado
        • Aumento do volume de vendas e resultados por cliente
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG
        SENAI - FIEMG
        SEBRAE MG
        Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG)
        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)
        Associação dos Suinocultores de Minas Gerais (ASEMG)
        Universidade Federal de Viçosa (UFV)
        Universidade Federal de Lavras (UFLA)
        Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
        Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
        Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
        Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA MG)
        Indústrias

        1

        Mapear competências tecnológicas das empresas e os segmentos de mercado em que se aplicam

        Criar núcleo de Inteligência de Mercado para estudos de tendências

        Entre as atividades a serem realizadas pelo Núcleo de Inteligência está a prospecção de novos mercados, monitoramento do perfil e hábitos do consumidor brasileiro e monitoramento de mercados internacionais prioritários


        Prospectar mercados estratégicos para os produtos do setor

        O estudo deverá contemplar o panorama geral do setor com detalhamento dos principais segmentos de atuação para as principais cadeias do setor (avicultura, suinocultura e bovinocultura de corte) e cadeias pouco exploradas (ovinocultura, pscicultura e carnes exóticas). Deverá também contemplar o detalhamento dos segmentos de atuação das empresas participantes e elaboração de planos de ação individuais

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 250.000

        2

        Apoiar diversificação de mercado e portfólio de produtos

        Ofertar consultorias técnicas aos produtores, atendendo à demanda por produtos sustentáveis

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 120.000

        3

        Integrar agentes do setor

        Promover participação das empresas em feiras e missões para acompanhamento do mercado e geração de negócios

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 50.000 (nacional) a R$ 150.000 (internacional)

        Utilizar conhecimento de mercado gerado para melhorar direcionamento das ações de marketing, aumentando sua efetividade

        4

        Elaborar plano de divulgação e marketing

        Realizar capacitação técnica customizada em gestão comercial, marketing e vendas

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 500/hora a R$ 800/hora

        Ofertar consultoria individual e customizada para definição de ações estratégicas de mercado

        As ações devem considerar a expansão e posicionamento de mercado por meio de lançamento de novos produtos, novos serviços e de novos canais de comercialização

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 30.000 a R$ 50.000

        Desenvolver marca coletiva, promovendo ações de marketing para fortalecimento e diferenciação dos produtos do setor

        As ações devem priorizar a valorização de produtos meineiros com maior valor agregado, como embutidos e processados e produtos artesanais, com origem e procedência reconhecidas

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 70.000 a R$ 150.000

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Expandir atuação mercadológica internacional
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Baixo volume de exportação das médias indústrias mineiras
        • Rigidez das exigências regulatórias para exportação para os principais mercados internacionais
        2

        O que se pretende alcançar

        • Fortalecimento da atuação das médias indústrias do Estado no mercado internacional
        • Aumento das exportações de pequenas e médias empresas
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG
        SENAI - FIEMG
        SEBRAE MG
        Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG)
        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)
        Associação dos Suinocultores de Minas Gerais (ASEMG)
        Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (ABIEC)
        Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA)
        Universidade Federal de Viçosa (UFV)
        Universidade Federal de Lavras (UFLA)
        Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
        Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
        Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX BRASIL)
        Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
        Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA MG)
        Indústrias

        1

        Prospectar novos mercados de atuação

        Mapear oportunidades de negócios no mercado internacional em segmentos estratégicos ou emergentes, especialmente aqueles nos quais as empresas mineiras possuem diferencial competitivo

        O estudo deverá considerar a vocação de Minas Gerais para a produção de produtos artesanais e com alto valor agregado, possibilitando exportação em menor escala
        Fortalecer as iniciativas já existentes das agências de exportação para o setor de carnes
        Público alvo: pequenas e médias empresas

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 250.000,00


        Levantar barreiras de entrada e certificações exigidas pelos mercados prospectados

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 50.000 a R$ 70.000

        2

        Identificar competências nacionais para atendimento ao mercado externo

        Levantar potencialidades dos produtos mineiros nos mercados prospectados, em especial produtos artesanais e com maior valor agregado

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 30.000 a R$ 50.000

        Articular projetos voltados à micro e pequenas empresas com foco no atendimento a países menos exigentes do ponto de vista regulatório, incentivando adequação das plantas do estado

        Potenciais parceiros: agências fomentadoras de exportações


        Incentivar produção de produtos diferenciados e com certificação de origem pelas pequenas e médias empresas

        A atvidade deverá considerar o estudo de mercado realizado

        3

        Qualificar empresas para atendimento às demandas internacionais

        Capacitar empresas sobre os processos e etapas para exportação e sensibilizá-los sobre benefícios da prática

        A atividade deverá contemplar a capacitação da equipe comercial para atendimento a novos mercados

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 500/hora a R$ 800/hora


        Apoiar adequação às certificações técnicas e sanitárias, exigidas pelos mercados internacionais

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 5.000 a R$ 25.000

        4

        Articular oferta de incentivos fiscais para exportação de pequenas e médias empresas

        Oferecer melhores condições para exportação à mercados onde as legislações sanitárias sejam mais brandas

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Promover imagem do setor
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Imagem negativa do setor perante o consumidor final sobre a emissão de gases do efeito estufa, desmatamento e práticas não sustentáveis
        2

        O que se pretende alcançar

        • Melhoria da imagem do setor
        • Promoção das práticas sustentáveis realizadas pelo setor
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG
        SENAI - FIEMG
        SEBRAE MG
        Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG)
        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)
        Associação dos Suinocultores de Minas Gerais (ASEMG)
        Universidade Federal de Viçosa (UFV)
        Universidade Federal de Lavras (UFLA)
        Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
        Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
        Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
        Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA MG)
        Indústrias

        1

        Criar campanhas de comunicação com a sociedade para valorização do setor

        Divulgar resultados do programa de gestão sustentável, demonstrando o engajamento com responsabilidade ambiental

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 30.000 a R$ 50.000 (plano de comunicação completo)

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Para visualizar o conteúdo completo, acesse pelo desktop ou preencha o formulário abaixo e receba o material por e-mail.
        Promover pesquisa aplicada e inovação em rede
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Distanciamento entre Instituições de Ciência e Tecnologia - ICTs e indústrias
        2

        O que se pretende alcançar

        • Aumento de utilização da estrutura de Pesquisa e Desenvolvimento - P&D já instalada nas instituições pelas indústrias 
        • Aumento da transferência de tecnologia desenvolvida nas instituições para as indústrias
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG 
        Centro de Inovação e Tecnologia – SENAI FIEMG (IST Alimentos e Bebidas)
        SEBRAE MG
        Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG
        )

        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)
        Universidade Federal de Viçosa (UFV)
        Universidade Federal de Lavras (UFLA)
        Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
        Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
        Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ)
        Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA MG)

        Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SECTES MG)
        Indústrias

        1

        Incentivar integração dos agentes do setor para troca de informações e conhecimento

        Realizar missões técnicas para centros de referência do país, fomentando a interação e relacionamento entre indústria e pesquisadores

        Público alvo: indústrias do setor de abate e processamento, universidades e centros de pesquisa


        Preço estimado para a atividade:
        R$ 20.000 (nacional) a R$ 100.000 (internacional)

        2

        Estimular desenvolvimento colaborativo e transferência de tecnologia entre agentes do setor

        Articular integração entre agentes para desenvolvimento de pesquisa aplicada ao setor

        Estruturar acordos de uso comum de infraestrutura para pesquisa e desenvolvimento

        Público alvo: empresas e Instituições de Ciência e Tecnologia - ICTs

        Apoiar criação de editais de pesquisa aplicada para graduação, extensão, mestrado e doutorado

        3

        Articular integração com demais setores

        Desenvolver programa de interação entre setor de carnes e setores transversais

        Foco em setores transversais que possam incentivar a inovação no setor, como o de tecnologia da informação, biotecnologia e químico

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Impulsionar informatização e automação dos processos produtivos
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Oportunidade de desenvolvimento da automação nos processos produtivos do setor
        • Processos produtivos ineficientes e pouco informatizados
        2

        O que se pretende alcançar

        • Modernização e otimização dos processos de produção
        • Aumento da produtividade
        • Diminuição de custos operacionais
        • Capacitação para obtenção de recursos financeiros
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG 
        Centro de Inovação e Tecnologia – SENAI FIEMG (IST Alimentos e Bebidas)
        SEBRAE MG
        Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG
        )

        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Sindicato das Empresas de Informática de Minas Gerais (SINDINFOR)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)

        Universidade Federal de Viçosa (UFV)
        Universidade Federal de Lavras (UFLA)
        Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
        BNDES
        BDMG
        Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA MG)

        Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SECTES MG)
        Indústrias

        1

        Viabilizar tecnicamente o desenvolvimento ou aquisição de sistemas

        Integrar empresas à desenvolvedores de tecnologias e soluções informatizadas

        Foco na criação de projetos que possibilitem automação dos processos de gestão e controle da produção

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 50.000

        Divulgar linhas de financiamento existentes voltadas ao aumento do nível de automação das indústrias do setor

        Público alvo: indústrias de abate e processamento

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 5.000 a R$ 25.000

        Realizar estudo de viabilidade técnico-econômica de investimentos em modernização e informatização de plantas produtivas de forma customizada

        Sugere-se priorizar investimentos que proporcionarão o aumento da produtividade, redução da dependência intensiva de mão de obra e diminuição na geração de resíduos industriais

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 30.000 a R$ 50.000

        2

        Viabilizar economicamente o desenvolvimento ou aquisição de sistemas

        Preparar empresários para a obtenção de linhas de crédito e financiamento para automação e informatização

        Sugere-se divulgar casos de sucesso e melhores práticas para a obtenção dos financiamentos

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Aprimorar gestão de qualidade e otimização dos processos produtivos no campo
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Baixa qualidade da carne que chega às indústrias
        • Falta de governança organizada da cadeia da carne bovina
        2

        O que se pretende alcançar

        • Aumento da prática de melhoraria genética do rebanho
        • Aumento da qualidade e produtividade do setor
        • Maior integração entre as partes interessadas para organização da cadeia produtiva da carne bovina
        • Criação de um protocolo mineiro de padrão de carcaças
        • Implementação de práticas de automação dos processos de gestão e controle da produção
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG 
        Centro de Inovação e Tecnologia – SENAI FIEMG (IST Alimentos e Bebidas)
        SEBRAE MG
        Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG
        )

        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)
        Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ)
        Universidade Federal de Viçosa (UFV)

        Universidade Federal de Lavras (UFLA)
        Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
        Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG)
        Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) 
        Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA)
        Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA)

        Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA MG)
        Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA)
        Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES MG)
        Vigilância Sanitária de Minas Gerais (VISA MG)
        Indústrias

        1

        Incentivar melhorias de qualidade dos produtos no campo

        Incentivar adoção de técnicas de manejo e melhoria de qualidade das pastagens

        Público alvo: produtores rurais

        Incentivar adoção de práticas de melhoramento genético do rebanho

        A atividade deve incentivar a melhoria genética dos rebanhos destinados à engorda e posterior abate pelas indústrias de carne, tendo como público alvo os produtores rurais que comercializam bezerros para corte

        Articular criação de um grupo de trabalho em Pecuária de Corte em Minas Gerais

        A criação do grupo tem como objetivo a organização da governança na cadeia produtiva, fomentando o desenvolvimento da atividade pecuária e da indústria da carne

        Elaborar documento técnico para criação do protocolo mineiro de padrão dos níveis de qualidade de carcaças

        Sugere-se que o estudo contemple as seguintes etapas de levantamento de informações técnicas; realização de benchmarking com países de referência no assunto, como Austrália e Estados Unidos; criação de um fórum de sensibilização e discussão de requisitos entre produtores rurais e indústrias de abate e processamento com a definição conjunta dos níveis de remuneração diferenciada ao produtor de acordo com os níveis de qualidade das carcaças entregues; e validação do protocolo

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Aprimorar gestão de qualidade e otimização dos processos produtivos nas indústrias do setor
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Processos produtivos pouco eficientes
        2

        O que se pretende alcançar

        • Aumento da produtividade e da qualidade dos produtos produzidos e redução dos custos de produção
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG 
        Centro de Inovação e Tecnologia – SENAI FIEMG (IST Alimentos e Bebidas)
        SEBRAE MG
        Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG
        )

        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)
        Indústrias

        1

        Melhorar processos de gestão da produção na indústria

        Ofertar serviços de capacitação e consultorias customizadas para implantação de processos/práticas de gestão e operação assistida para implantação

        A consultoria deve atuar nas seguintes frentes: análise e definição otimizada de leiaute da planta produtiva; mapeamento e adequação de processos produtivos e implantação de sistema de manutenção preventiva; aumento da eficiência produtiva, com programa de produção mais limpa; implementação da metodologia de planejamento e controle da produção (PCP)

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 70.000

        Promover parcerias entre indústrias do setor e empresas desenvolvedoras de tecnologias e soluções

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Apoiar empresas na obtenção de financiamento
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Dificuldade na obtenção de recursos financeiros para inovação
        2

        O que se pretende alcançar

        • Crescimento do acesso das indústrias às linhas de financiamento específicas para inovação, inclusive via capital de risco
        • Conhecimento dos atores do setor sobre financiamentos e incentivos fiscais disponíveis
        • Apresentação de conjunto de melhores práticas e processos para obtenção de recursos
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG 
        SENAI - FIEMG
        SEBRAE MG 
        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)
        BDMG
        BNDES
        Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
        Indústrias

        1

        Promover conhecimento sobre recursos financeiros e suas características

        Mapear fontes de financiamento e linhas de crédito para desenvolvimento e incentivo à inovação e identificar especificidades

        A atividade deverá contemplar a proposição, aos bancos de fomento e desenvolvimento, de novas linhas de financiamento específicas para o setor, que incentivem a inovação de produtos, insumos, processos e embalagens


        Divulgar disponibilidade de recursos financeiros para inovação

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 5.000 a R$ 25.000

        2

        Capacitar empresas na captação e utilização de recursos financeiros providos por entidades de crédito e investimento

        Preparar empresas na elaboração e submissão de projetos de inovação

        A capacitação deverá abordar desde a identificação de oportunidades até submissão de projetos

        Capacitar equipes das empresas em gestão financeira da inovação

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 10.000 a R$ 25.000

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Para visualizar o conteúdo completo, acesse pelo desktop ou preencha o formulário abaixo e receba o material por e-mail.
        Apoiar empresas do setor na adequação às Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE)
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Dificuldade de adequação das indústrias do setor para atendimento às Normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego - MTE
        2

        O que se pretende alcançar

        • Melhoria das condições de trabalho e segurança da mão de obra do setor
        • Atendimento às normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego - MTE (pincipalmente NR 12) de forma estruturada, com investimentos planejados
        • Minimização do risco de autuação pelo não cumprimento das exigências legais de saúde e segurança que regulamentam o setor
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG
        SENAI - FIEMG
        SESI - FIEMG
        SEBRAE MG 
        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)
        Associação dos Suinocultores de Minas Gerais (ASEMG)
        BDMG
        BNDES
        Ministério do Trabalho e Emprego (MTE)
        Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (SEAPA MG)
        Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social de Minas Gerais (SEDESE MG)
        Indústrias

        1

        Disseminar noções básicas de saúde e segurança

        Ampliar divulgação da cartilha de noções básicas de saúde e segurança do trabalho, elaborada pelo SESI - MG

        Disponível em: http://www7.fiemg.com.br/sesi/produto/saude-e-seguranca-no-trabalho


        Preço estimado para a atividade:
        R$ 5.000 a R$ 25.000

        2

        Ampliar Programa Indústria Segura do SESI - MG

        Realizar consultoria técnica para apoiar as empresas no cumprimento das exigências das Normas Regulamentadoras

        Verificar desde as adequações até a organização obrigatória da documentação referente às exigências trabalhistas da empresa

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 5.000 a R$ 25.000


        Realizar estudo de viabilidade dos investimentos necessários à adequação do parque industrial das empresas participantes

        Foco no planejamento financeiro das empresas para à realização do investimento


        Preço estimado para a atividade:R$ 30.000 a R$ 50.000

        3

        Divulgar linhas de crédito específicas para adequações às Normas Regulamentadoras

        Ampliar divulgação das linhas de crédito disponíveis para investimentos no cumprimento das Normas Regulamentadoras

        Por exemplo, para aquisição e adequação de máquinas e equipamentos
        Para mais informações, consulte: financiamento@fiemg.com.br e http://www7.fiemg.com.br/sesi/produto/saude-e-seguranca-no-trabalho


        Preço estimado para a atividade:
        R$ 5.000 a R$ 25.000

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Apoiar empresas do setor na realização da Análise Ergonômica do Trabalho (AET)
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Dificuldade de adequação das indústrias do setor para atendimento à norma NR 17 - Ergonomia do Ministério do Trabalho e Emprego - MTE
        2

        O que se pretende alcançar

        • Melhoria das condições de trabalho e segurança da mão de obra do setor
        • Adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, proporcionando máximo conforto, segurança e desempenho eficiente
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG
        SENAI - FIEMG
        SESI - FIEMG
        SEBRAE MG 
        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)
        Associação dos Suinocultores de Minas Gerais (ASEMG)
        BDMG
        BNDES
        Ministério do Trabalho e Emprego (MTE)
        Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (SEAPA MG)
        Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social de Minas Gerais (SEDESE MG)
        Indústrias

        1

        Realizar consultoria técnica especializada para avaliação ergonômica do trabalho

        Identificar pontos de medição ambiental e postos de trabalho

        Analisar aspectos ergonômicos nas empresas

        Na execução da atividade considerar a visualização de posturas, esforço, mobiliário e equipamentos

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 15.000


        Identificar pontos de risco ergonômico e elaborar tabela de custos humanos do trabalho

        Elaborar Laudo Ergonômico das dependências da empresa

        Realizar reunião de entrega dos relatórios, esclarecimentos de dúvidas e apresentação de soluções 

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 5.000 a R$ 25.000

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Apoiar empresas a cumprirem as exigências regulatórias
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Pouco conhecimento sobre as obrigações ambientais legais
        • Dificuldade na definição de processos ambientais que atendam às exigências que regulamentam o setor
        2

        O que se pretende alcançar

        • Disseminação de conhecimento sobre os condicionantes ambientais incidentes sobre o setor
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG
        SENAI - FIEMG
        Centro de Inovação e Tecnologia – SENAI FIEMG
        SEBRAE MG
        Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG)
        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)
        Universidade Federal de Viçosa (UFV)
        Universidade Federal de Lavras (UFLA)
        Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
        Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
        Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMAD MG)
        Indústrias

        1

        Levantar dificuldades enfrentadas pelas empresas para atender às exigências regulatórias ambientais

        Propor soluções para melhorias de processos

        A atividade deverá incluir a proposição de aperfeiçoamento dos processos de regularização ambiental das atividades industriais por meio da regulamentação do PL 2.946/15 aprovado (reestruturação do Sistema Estadual do Meio Ambiente - Sisema)

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 70.000

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Apoiar empresas a cumprirem as exigências regulatórias sanitárias
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Dificuldades na aprovação de novas plantas, produtos e embalagens junto aos órgãos reguladores
        • Pouca disseminação de informações sobre a legislação sanitária incidente sobre o setor
        2

        O que se pretende alcançar

        • Maior representatividade do setor por meio da atuação das lideranças de forma organizada
        • Interação entre indústrias do setor e órgãos regulatórios
        • Minimização de falhas técnicas nos projetos apresentados aos órgãos regulatórios e consequente diminuição no prazo para aprovação
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG 
        Centro de Inovação e Tecnologia – SENAI FIEMG
        SEBRAE MG
        Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG
        )

        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Universidade Federal de Viçosa (UFV)
        Universidade Federal de Lavras (UFLA)
        Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

        Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
        Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
        Ministério da Agricultura, Pecuária e Absatecimento (MAPA)
        Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA)
        Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES MG)
        Vigilância Sanitária de Minas Gerais (VISA MG)
        Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (SEAPA MG)
        Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG)
        Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA)
        Indústrias

        1

        Avaliar grau de adequação das empresas às exigências regulatórias sanitárias

        Diagnosticar maturidade das empresas no atendimento às exigências regulatórias sanitárias

        Na execução da atividade considerar o cumprimento da legislação sanitária e processos seguros para a produção de alimentos

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 50.000 a R$ 70.000

        2

        Preparar empresas para se adequarem às exigências regulatórias

        Transmitir informações sobre normas e legislações, ofertando orientação, solucionando dúvidas e apresentando melhores práticas

        Potenciais parceiros: sindicatos setoriais, órgãos de fiscalização e FIEMG
        Esta atividade poderá ser executa em parceria com a Câmara da Indústria de Alimentos do Sistema FIEMG

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 5.000 a R$ 25.000

        3

        Aproximar empresas aos órgãos regulatórios, promovendo discussão das demandas do setor

        Promover discussão sobre gargalos e dificuldades enfrentados pelo setor no cumprimento das exigências regulatórias

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 5.000 a R$ 25.000

        Promover debates para melhoria dos processos de homologação junto aos órgãos de regulação sanitária 

        Devem ser considerandos os projetos de registro de novos estabelecimentos, adequação de plantas produtivas e registro de novos produtos      

        Realizar seminários e workshops para disseminação de boas práticas nos processos

        Potenciais parceiros: sindicatos setoriais, órgãos de fiscalização e FIEMG
        A atividade poderá ser executada em parceria com a Câmara da Indústria de Alimentos do Sistema FIEMG

        4

        Acompanhar atualização do RIISPOA junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA

        Articular publicação do RIISPOA atualizado

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Apoiar empresas a cumprirem as exigências regulatórias ambientais
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Dificuldades na aprovação de novas plantas, produtos e embalagens junto aos órgãos reguladores
        • Pouca disseminação de informações sobre a legislação sanitária incidente sobre o setor
        2

        O que se pretende alcançar

        • Maior representatividade do setor por meio da atuação das lideranças de forma organizada
        • Interação entre indústrias do setor e órgãos regulatórios
        • Minimização de falhas técnicas nos projetos apresentados aos órgãos regulatórios e consequente diminuição no prazo para aprovação
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG 
        SENAI - FIEMG
        SEBRAE MG 
        Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG)
        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)

        Universidade Federal de Viçosa (UFV)
        Universidade Federal de Lavras (UFLA)
        Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
        Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
        Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
        Ministério da Agricultura, Pecuária e Absatecimento (MAPA)
        Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (SEMAD MG)
        Fundação Estadual do Meio Ambiente (FEAM)
        Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (SEAPA MG)
        Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG)
        Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA)
        Indústrias

        1

        Formalizar criação de um forúm de discussão permanente sobre temáticas regulatórias incidentes sobre o setor

        Identificar integrantes para formação do forum, equipe executiva, partes interessadas e pessoas chaves

        Potenciais parceiros: sindicatos setoriais, órgãos de fiscalização e FIEMG
        A atividade poderá ser executada em parceria com a Câmara da Indústria de Alimentos do Sistema FIEMG

        Sensibilizar agentes potenciais quanto aos benefícios da criação do forúm

        Definir pauta de atuação do forúm nas temáticas regulatórias

        O fórum terá sua atuação voltada à disseminação de informações e boas práticas para remessa de projetos aos órgãos regulatórios; acompanhamento da proposição de melhorias nos processos, de acordo com levantamento realizado; divulgação de passo a passo para registro de novos produtos, embalagens e estabelecimentos junto aos órgão competentes e promoção da aproximação entre indústria; e órgãos regulatórios

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Apoiar melhoria da segurança alimentar dos produtos do setor
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Exposição incorreta dos produtos nos pontos de venda, prejudicando suaa qualidade e aumentando os riscos sanitários
        2

        O que se pretende alcançar

        • Aumento da segurança alimentar, por meio da disseminação de boas práticas aos estabelecimentos responsáveis pelo abate, processamento e distribuição de produtos
        • Redução da informalidade do setor
        • Aumento da qualidade dos produtos produzidos no estado
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG 
        SENAI - FIEMG
        SESI - FIEMG
        Centro de Inovação e Tecnologia – SENAI FIEMG
        SEBRAE MG 
        Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG)
        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)

        Universidade Federal de Viçosa (UFV)
        Universidade Federal de Lavras (UFLA)
        Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
        Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
        Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
        Ministério da Agricultura, Pecuária e Absatecimento (MAPA)
        Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA)
        Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES MG) 
        Vigilância Sanitária de Minas Gerais (VISA MG)
        Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (SEAPA MG)
        Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG)
        Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA)
        Indústrias

        1

        Sensibilizar agentes do setor quanto à importância de atentarem para a segurança alimentar dos produtos

        Realizar campanha de conscientização do varejo sobre boas práticas de higiene e correta exposição e conservação de produtos nos pontos de venda

        Sugere-se a realização de palestras, workshops e divulgação de material educativo sobre o assunto

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 5.000 a R$ 25.000

        Realizar campanha de conscientização para incentivar a formalização de empreendimentos irregulares e adequação às exigências regulatórias

        Público alvo: estabelecimentos de venda de produtos ao consumidor e indústrias de abate e processamento que não estejam sob inspeção dos órgãos regulatórios

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 5.000 a R$ 25.000

        2

        Promover regionalização de frigoríficos

        Minimizar participação do Estado por meio dos abatedouros municipais

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Amenizar impacto tributário na competitividade do setor
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Alta carga tributária incidente sobre o setor
        • Guerra fiscal entre os estados
        2

        O que se pretende alcançar

        • Aumento da competitividade das indústrias do setor, eliminando a guerra fiscal e possibilitando a atração de investimentos para o Estado
        • Redução da carga tributária incidente sobre o setor
        • Aumento da competitividade do setor de carnes em Minas Gerais frente aos mercados nacionais e internacionais
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG 
        SENAI - FIEMG
        SEBRAE MG 
        Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG)
        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)

        Associação dos Suinocultores de Minas Gerais (A
        SEMG)
        Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
        Secretaria de Estado da Fazenda (SEF MG)
        Indústrias

        1

        Avaliar impacto da tributação na competitividade das empresas

        Mapear gargalos tributários aplicáveis ao setor

        Comparar diferenças da tributação de Minas Gerais com demais estados brasileiros, analisando impacto na competitividade do setor mineiro

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 150.000

        2

        Equalizar tributação estadual entre produto importado e nacional

        Articular junto às esferas federais a devida adequação tributária para resolução dos gargalos identificados

        3

        Articular regime tributário diferenciado

        Elaborar proposta de regime tributário diferenciado para Minas Gerais

        A proposta deve considerar a competitividade de Minas Gerais perante os outros estado e ao mercado externo

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Estimular destinação econômico-ambiental de resíduos
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Dificuldade para destinação final dos efluentes líquidos gerados no processo produtivo
        2

        O que se pretende alcançar

        • Redução dos custos com a destinação de resíduos industriais
        • Geração de valor a partir do reaproveitamento de resíduos
        • Regulamentação da realização da fertirrigação com resíduos da indústria de abate e processamento de carnes
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG 
        SENAI - FIEMG
        Centro de Inovação e Tecnologia – SENAI FIEMG (IST Meio Ambiente)

        SEBRAE MG
        Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG
        )

        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)
        Universidade Federal de Viçosa (UFV)
        Universidade Federal de Lavras (UFLA)
        Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
        Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
        Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais (SEMAD MG)
        Indústrias

        1

        Propor soluções para reutilização dos resíduos industriais e geração de valor econômico

        Realizar estudo de viabilidade técnica da utilização dos efluentes líquidos tratados das indústrias de carnes para a fertirrigação

        Potenciais parceiros: Instituições de Ciência e Tecnologia - ICT's e Centros de Pesquisa

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 100.000

        Articular junto aos órgãos ambientais a regulamentação do uso dos efluentes líquidos tratados para fertirrigação

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Estimular Gestão Sustentável da Propriedade Rural
        1

        Desafio/Oportunidade

        • Necessidade de melhorar as práticas produtivas do setor
        • Imagem negativa do setor quanto ao seu impacto ambiental
        2

        O que se pretende alcançar

        • Melhoria gradativa e contínua dos aspectos ambientais, sociais e econômicos da produção
        • Redução dos impactos ambientais da atividade agropecuária no meio ambiente
        3

        Stakeholders

        IEL - FIEMG 
        SENAI - FIEMG
        SEBRAE MG
        Federação da Agricultura do Estado de Minas Gerais (FAEMG
        )

        Sindicato Intermunicipal das Industrias de Carnes e Derivados e do Frio de Minas Gerais (SINDUSCARNE)
        Sindicato da Indústria de Carnes e Derivados de Uberlândia (SINDICARNES)
        Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado de Minas Gerais (SINPAMIG)
        Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (AFRIG)
        Associação dos Suinocultores de Minas Gerais (ASEMG)
        Universidade Federal de Viçosa (UFV)
        Universidade Federal de Lavras (UFLA)
        Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
        Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
        Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
        Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SEAPA MG)
        Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG)
        Indústrias

        1

        Mapear riscos ambientais da atividade rural do setor

        Fomentar utilização de tecnologias de produção mais limpas

        Sugere-se incentivar a implementação de biodigestores nas fazendas

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 5.000 a R$ 25.000


        Identificar práticas adotadas e oportunidades de melhorias

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 50.000 a R$ 70.000

        2

        Desenvolver programa individualizado de gestão sustentável da propriedade rural, de acordo com mapeamento realizado

        Construir plano de redução, reutilização e reciclagem dos resíduos da propriedade rural

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 20.000

        Divulgar melhores práticas de produção e apoiar sua implantação

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 5.000 a R$ 25.000

        Monitorar resultados obtidos pela adoção de boas práticas de produção e os reflexos para a indústria

        3

        Fortalecer adesão à programas e tecnologias para produção sustentável

        São exemplos o Programa ABC e o Sistema ILPF Embrapa, que integra lavoura, pecuária e floresta

        Preço estimado para a atividade:
        R$ 5.000 a R$ 25.000

        Transforme essas informações em negócios.

        Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
        e converse com a equipe técnica da FIEMG.

        Para visualizar o conteúdo completo, acesse pelo desktop ou preencha o formulário abaixo e receba o material por e-mail.

        Ações em destaque no setor

        FIEMG Regional ZM promove workshop gratuito “Legislação em Rotulagem de Alimentos”

        Treinamento foi voltado para o setor alimentício da Zona da Mata

        Regional Vale do Paranaíba divulga Plano de Competitividade Industrial

        Foram identificados os setores dinamizadores de bebidas não-alcoólicas, biotecnologia, café, laticínios, carnes e tecnologia da informação.

        Baixe o Plano Setorial
        Carnes

        Bons investimentos nascem de informações precisas.

        Preencha o formulário abaixo e receba gratuitamente o material completo de todas as regiões em seu e-mail.