Rochas Ornamentais

JUNTOS, PELO FORTALECIMENTO DA CADEIA PRODUTIVA DO SETOR NO ESTADO

Imagem do setor - Rochas Ornamentais

Mapa do setor - Rochas Ornamentais

Este setor tem grande potencial nas regiões apontadas no mapa.

MINAS GERAIS POSSUI A MAIOR DIVERSIDADE DE ROCHAS EXTRAÍDAS NO BRASIL 

O setor de rochas ornamentais tem características inerentes a uma indústria tradicional. Trata-se de uma atividade cujos traços mais marcantes são: a extração de recursos naturais; a baixa intensidade tecnológica; a reduzida exigência em termos de escala mínima de produção; o caráter exógeno da inovação tecnológica, visto que ela costuma vir incorporada nos equipamentos; e o fato da capacidade empreendedora do dirigente ser um fator crítico para a competitividade. O estado possui a maior diversidade de rochas ornamentais extraídas no país e tem como desafio aumentar o beneficiamento desta matéria prima.

Ações por temas

Escolha um dos temas abaixo e conheça o plano de ações específico que irá transformar os desafios em oportunidades de crescimento.

LISTA DE AÇÕES


Ação Curto Prazo LegendaCurto prazo
Até 1 ano
Ação Médio Prazo LegendaMédio prazo
De 1 a 3 anos
Ação Longo Prazo LegendaLongo prazo
Acima de 3 anos
Alinhar oferta de profissionais com a demanda do setor, em quantidade e qualidade
1

Desafio/Oportunidade

  • Escassez de profissionais de nível superior e técnico para atuação no setor
  • Desconexão entre matriz de ensino e as demandas do mercado
  • Necessidade de inserir os estudantes dentro da realidade empresarial
2

O que se pretende alcançar

  • Adequação da oferta de cursos em áreas correlatas às demandas específicas do setor
  • Alinhamento da formação profissional à realidade e necessidades do mercado
3

Stakeholders

IEL - MG
SENAI - FIEMG
SEBRAE MG
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação das Empresas Mineradoras, Beneficiadoras e do Comércio de Quartzitos da Região de São Tomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)
Indústrias

1

Criar mecanismos para mapeamento da oferta e da demanda de profissionais para o setor

Levantar cursos ofertados pelas instituições de ensino nas áreas correlatas, incluindo projeção para os próximos anos 

Preço estimado para a atividade:
R$ 20.000


Analisar demandas do setor, identificando nas empresas atividades específicas e competências necessárias ainda não supridas

Preço estimado para a atividade:
R$ 30.000 a R$ 80.000

2

Aproximar instituições de ensino das empresas do setor

Articular parcerias entre instituições de ensino e empresas

Propor às instituições de ensino as adequações necessárias na matriz curricular alinhadas a demanda identificada

Demandas já identificadas: Aparelhamento e Processamento de Rochas Ornamentais, Operador de Máquinas Pesadas, Curso Superior de Tecnologia em Rochas Ornamentais, Gestão em Rochas Ornamentais

Divulgar matriz de ensino estadual para as empresas:

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000


Estimular aproveitamento dos meios de contratação disponíveis nas instituições de ensino (estágios técnicos) e divulgar oportunidades em aberto nas empresas

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Desenvolver competências técnicas da mão de obra operacional
1

Desafio/Oportunidade

  • Baixa qualificação técnica da mão de obra operacional
  • Desatualização tecnológica da mão de obra operacional
2

O que se pretende alcançar

  • Melhoria da capacitação da mão de obra operacional das empresas, com direcionamento para as necessidades do setor
  • Mão de obra operacional melhor informada e conectada às novidades do setor
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
SENAI - FIEMG
SESI - FIEMG
SEBRAE MG
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação das Empresas Mineradoras, Beneficiadoras e do Comércio de Quartzitos da Região de São Tomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)
Indústrias

1

Analisar compatibilidade entre oferta e demanda por capacitação, por meio de mapeamento

Levantar necessidades de capacitação técnica das empresas do setor

Preço estimado para a atividade:
R$ 30.000 a R$ 80.000

Levantar cursos e serviços de capacitação técnica disponíveis em Minas Gerais

Preço estimado para a atividade:
R$ 20.000

2

Ofertar capacitação técnica de acordo com as caraterísticas e necessidades específicas do setor 

Sugere-se como referência os programas Pedreira-escola, Marmoraria-escola e Escola Móvel existentes nos estados do Espírito Santo e Bahia

Preço estimado para a atividade:
R$ 120/hora

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Desenvolver competências gerenciais
1

Desafio/Oportunidade

  • Baixa qualificação do corpo gerencial das empresas do setor
  • Dificuldade de aplicação rotineira das ferramentas de gestão na realidade empresarial
2

O que se pretende alcançar

  • Incorporação de práticas de gestão adequadas à realidade das empresas
  • Aumento das competências dos gestores empresariais, de modo a tornar as empresas mais eficientes e, consequentemente, mais competitivas
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
SEBRAE MG
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação das Empresas Mineradoras, Beneficiadoras e do Comércio de Quartzitos da Região de São Tomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)
Indústrias

1

Ofertar capacitação gerencial direcionada às demandas do setor

Realizar treinamento customizado com foco temático nas indústrias

Temas sugeridos: gestão financeira e utilização de financiamentos; gestão estratégica e inovação; gestão de produção e estoques; gestão mercadologica e marketing; processos; gestão de pessoas; gestão ambiental

Preço estimado para a atividade:
R$ 500/hora a R$ 800/hora

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Facilitar práticas de Gestão de Recursos Humanos
1

Desafio/Oportunidade

  • Baixa retenção da mão de obra
  • Baixo comprometimento e motivação dos colaboradores
2

O que se pretende alcançar

  • Estruturação de processos de Gestão de Recursos Humanos nas indústrias
  • Melhor nível de qualidade de vida e grau de satisfação dos trabalhadores
  • Engajamento dos trabalhadores com os desafios e resultados da empresa
  • Aumento do tempo de permanêcia dos trabalhadores nas empresas e crescimento nos cargos ocupados e funções desempenhadas
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
SENAI - FIEMG
SESI - FIEMG
SEBRAE MG
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação das Empresas Mineradoras, Beneficiadoras e do Comércio de Quartzitos da Região de São Tomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)
Indústrias

1

Desenvolver políticas e processos de Gestão de Recursos Humanos nas empresas

Promover capacitação e consultoria técnica especializada para estruturação da Gestão de Recursos Humanos nas empresas

Preço estimado para a atividade:
R$ 120/hora

Sensibilizar empresas quanto à importância da realização de práticas de Gestão Recursos Humanos e do seu impacto na produtividade

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Divulgar aos funcionários os benefícios trabalhistas praticados pelas empresas

2

Realizar ações de valorização e de bem estar dos funcionários do setor

Promover programas de saúde e bem estar dos funcionários das indústrias do setor por meio de atividades físicas e culturais

Promoção de palestras em temas como saúde, redução do stress, consumo de álcool e outras drogas, e gestão financeira familiar
Divulgação de Programas como o SESI Ginástica na Empresa e DESEV - Diagnóstico de Saúde e Estilo de Vida
Promoção de eventos de lazer envolvendo a família dos colaboradores e campanhas educativas em saúde e qualidade de vida

Para mais informações, consulte:

http://www7.fiemg.com.br/sesi/produto/sesi-industria-saudavel

http://www7.fiemg.com.br/sesi/produto/ginastica-na-empresa

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Para visualizar o conteúdo completo, acesse pelo desktop ou preencha o formulário abaixo e receba o material por e-mail.
Expandir atuação mercadológica
1

Desafio/Oportunidade

  • Demanda de indústrias de beneficiamento de rochas em Minas Gerais
2

O que se pretende alcançar

  • Aumento da industrialização e desenvolvimento das Regionais Vale do Jequitinhonha e Rio Doce
  • Aumento da competitividade do setor por meio do desenvolvimento de produtos com maior valor agregado
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
FIEMG
SEBRAE MG
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e rochas Ornamentais no estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação das Empresas Mineradoras, Beneficiadoras e do Comércio de Quartzitos da Região de São Tomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)
Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX BRASIL)
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (CODEMIG)
Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (INDI)
Indústrias

1

Incentivar políticas de apoio junto ao governo

Articular junto ao governo, apoio para adoção de políticas de incentivo para instalação de indústrias de aparelhamento e beneficiamento de mármores e granitos

Foco nas Regionais Rio Doce e Vale do Jequitinhonha, visando o aumento do valor agregado das rochas ornamentais em Minas Gerais
Recomenda-se priorizar a articulação com as seguintes áreas do governo estadual: Sede, Codemig e INDI

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Expandir atuação mercadológica internacional
1

Desafio/Oportunidade

  • Demanda de indústrias de beneficiamento de rochas em Minas Gerais.
  • Baixa atuação das empresas no cenário internacional.
2

O que se pretende alcançar

  • Aumento da industrialização e desenvolvimento das Regionais Vale do Jequitinhonha e Rio Doce.
  • Aumento da competitividade do setor por meio do desenvolvimento de produtos com maior valor agregado.
  • Aumento da exportação dos produtos do setor.
  • Incremento da competitividade das empresas.
  • Aumento da cultura exportadora entre as empresas do setor.
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
FIEMG
SEBRAE MG
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação das Empresas Mineradoras, Beneficiadoras e do Comércio de Quartzitos da Região de São Tomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)
Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil)
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (CODEMIG)
Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (INDI)
Indústrias

1

Aumentar competitividade das empresas, por meio da cultura exportadora

Auxiliar entrada ou expansão no mercado internacional com produtos de maior valor agregado

Verificar programas já existentes como Exportaminas e ações da APEX Brasil voltadas ao setor de Rochas Ornamentais

2

Qualificar empresas para atendimento às demandas internacionais

Ofertar capacitação em comércio exterior

Preço estimado para a atividade:
R$ 500/hora a R$ 800/hora

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Desenvolver infraestrutura de transporte de Minas Gerais
1

Desafio/Oportunidade

  • Impacto das deficiências de infraestrutura de transporte no comprometimento da competitividade das empresas
2

O que se pretende alcançar

  • Maior eficiência e integração das redes de transporte e centros de distribuição que impactam toda a cadeia do setor
  • Redução de custos e consequente aumento da competitividade das indústrias
  • Melhoria da infraestrutura para instalação de empresas de Rochas Ornamentais no estado de Minas Gerais
  • Aumento dos índices de qualidade e produtividade das indústrias
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
FIEMG
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação das Empresas Mineradoras, Beneficiadoras e do Comércio de Quartzitos da Região de São Tomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)
Fundação de Amparo à Pesquisa do estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
BNDES
BDMG
BANCO DO NORDESTE
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (CODEMIG)
Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais (INDI)
Indústrias

1

Analisar situação da infraestrutra utilizada pelas empresas do setor

Identificar necessidade de melhorias na infraestrutura das estradas, modais, treixos e eixos existentes

Convergência com Projeto Sudeste Competitivo, da CNI

Preço estimado para a atividade:
R$ 50.000 a R$ 70.000

2

Promover melhorias de infraestrutura

Priorizar ações a partir dos gargalos identificados, iniciando articulação com as partes envolvidas

Parceiros potenciais: Associações do setor, Governo, CNI, entre outros

Apoiar iniciativas em andamento de incremento da infraestrutura industrial

Inciativas identificadas: Terminal de cargas, Porto Seco, ZPE e Distrito Industrial em Governador Valadares, Instalação de Distrito Industrial, Central de Beneficiamento e ZPE em Teófilo Otoni, Instalação de Condomínio Industrial em São Tomé das Letras.

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Desenvolver segmento de revestimentos
1

Desafio/Oportunidade

  • Interação com os setores de Construção Civil e Design de Interiores.
2

O que se pretende alcançar

  • Ampliação do mercado para rochas de revestimento.
  • Fortalecimento do segmento no mercado interno e externo.
  • Aumento da participação de empresários em feiras.
3

Stakeholders

IEL-FIEMG
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação das Empresas Mineradoras, Beneficiadoras e do Comércio de Quartzitos da Região de São Tomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)
Associação Mineira de Decoradores de Nível Superior (AMIDE MG)
Associação Brasileira de Escritórios de Design (ABEDESIGN MG)
Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Minas Gerais (CREA-MINAS)
Indústrias

1

Integrar agentes do setor

Promover eventos para aumentar o interesse pelo uso das rochas de revestimento

Público alvo dos eventos: engenheiros, arquitetos, decoradores e designers de interiores

Parcerias e apoio das entidades de classe: AMIDE, Abedesign, CREA

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000


Apoiar participação em feiras de construção civil e decoração

Preço estimado para a atividade:
R$ 50.000 (nacional) a R$ 150.000 (internacional)

2

Atrair atenção do público para a utilização de rochas em revestimentos

Elaborar catálogos e guias de especificação e aplicação de rochas em revestimentos

Preço estimado para a atividade:
R$ 25.000

Divulgar material elaborado sobre promoção e aplicação de rochas em revestimentos

Público alvo: especificadores, formadores de opinião e consumidores em geral.

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Para visualizar o conteúdo completo, acesse pelo desktop ou preencha o formulário abaixo e receba o material por e-mail.
Promover pesquisa aplicada e inovação em rede
1

Desafio/Oportunidade

  • Distanciamento entre Instituições de Ciência e Tecnologia - ICTs e indústria
2

O que se pretende alcançar

  • Integração entre Instituições de Ciência e Tecnologia - ICTs e empresas
  • Promoção de inovações em processos e produtos desenvolvidos em parceria entre indústrias e Instituições de Ciência e Tecnologia - ICTs
3

Stakeholders

IEL – FIEMG
SENAI – FIEMG
SEBRAE MG
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Quarzito em São Thomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP)

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ)
BNDES
Banco do Nordeste
Indústrias

1

Mapear demanda por inovação tecnológica no mercado e relacioná-las às pesquisas em andamento nas instituições

Identificar oportunidades para desenvolvimento de projetos de inovação nas empresas

Preço estimado para a atividade:
R$ 50.000 a R$ 70.000

Identificar competências e pesquisas em andamento nas Instituições de Ciência e Tecnologia - ICTs compatíveis com as oportunidades ou necessidades do mercado

Preço estimado para a atividade:
R$ 3.000 a R$ 6.000 (serviço prestado às empresas)
R$ 150.000 a R$ 190.000 (setor)

2

Incentivar integração dos agentes do setor para troca de informações e conhecimento

Divulgar conhecimento e tecnologias gerados nas Instituições de Ciência e Tecnologia - ICTs para as empresas

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

3

Estimular desenvolvimento colaborativo e transferência de tecnologia entre os agentes do setor

Articular parcerias entre Instituições de Ciência e Tecnologia - ICTs e empresas para o desenvolvimento de pesquisa aplicada ao setor

Recomenda-se a utilização dos recursos de editais de demanda induzida e bolsas de pesquisa aplicada

Articular integração entre os agentes para desenvolvimento de inovações 

O objetivo é a melhoria dos processos de beneficiamento e extração das rochas com técnicas mais avançadas

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Modenizar infraestrutura e técnicas de produção
1

Desafio/Oportunidade

  • Necessidade de modernizar os processos de produção
2

O que se pretende alcançar

  • Aumento da produtividade
  • Modernização de máquinas e equipamentos
  • Atualização do parque industrial de beneficiamento e acabamento
3

Stakeholders

IEL – FIEMG
SEBRAE MG
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Quarzito em São Thomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ)
BNDES
Banco do Nordeste
Indústrias

1

Viabilizar tecnicamente a modernização

Fomentar desenvolvimento de pesquisas voltadas à melhoria dos processos de beneficiamento e extração de rochas

Sugere-se priorizar o desenvolvimento de técnicas extrativas e produtivas mais avançadas

Articular criação de bolsas de pesquisa aplicada para absorção de tecnologia de máquinas e equipamentos importados

2

Viabilizar economicamente a modernização

Mapear linhas de financiamentos voltadas à modernização de infraestrutura e renovação de parque industrial

Preparar empresários para a obtenção de linhas de crédito e financiamento

Público alvo: Pequenas e Médias Empresas - PMEs

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Para visualizar o conteúdo completo, acesse pelo desktop ou preencha o formulário abaixo e receba o material por e-mail.
Apoiar empresas do setor na adequação às Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego - MTE
1

Desafio/Oportunidade

  • Dificuldades de adequação das indústrias do setor para atendimento às Normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego - MTE
2

O que se pretende alcançar

  • Melhoria das condições de trabalho e segurança da mão de obra do setor
  • Atendimento às Normas Regulamentadoras do MTE, principalmente NR12, de forma estruturada, com investimentos planejados
  • Minimização do risco de autuação pelo não cumprimento das exigências legais de saúde e segurança que regulamentam o setor
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
SENAI – FIEMG
SESI - FIEMG
SEBRAE MG
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Quarzito em São Thomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)
BNDES
BDMG
Ministério do Trabalho E Emprego (MTE)
Governo de Minas Gerais
Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (SEDESE)
Indústrias

1

Disseminar noções básicas de saúde e segurança

Ampliar divulgação da cartilha de noções básicas de saúde e segurança do trabalho, elaborada pelo SESI - MG

Para mais informações acesse:

http://www7.fiemg.com.br/sesi/produto/saude-e-seguranca-no-trabalho

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

2

Ampliar Programa Indústria Segura do SESI - MG

Realizar consultoria técnica para apoiar as empresas no cumprimento das exigências das Normas Regulamentadoras - NRs

Preço estimado para a atividade:
R$ 20.000

Realizar auditorias simuladas nas empresas participantes para verificação quanto ao atendimento às NRs

É aconselhado verificar desde as adequações até a organização obrigatória da documentação referente às exigências trabalhistas da empresa

Realizar estudo de viabilidade dos investimentos necessários à adequação do parque industrial das empresas participantes

É aconselhado considerar o planejamento financeiro das empresas para à realização do investimento

Preço estimado para a atividade:
R$ 30.000 a R$ 50.000

3

Divulgar linhas de crédito específicas para adequações às Normas Regulamentadoras - NRs

Ampliar divulgação das linhas de crédito disponíveis para investimentos no cumprimento das Normas Regulamentadoras

Para mais informações consulte:
financiamento@fiemg.com.br

http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/bndes/bndes_pt/Institucional/Apoio_Financeiro/Programas_e_Fundos/finame_moderniza.html

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Apoiar empresas do setor na realização da Análise Ergonômica do Trabalho - AET
1

Desafio/Oportunidade

  • Dificuldades de adequação das indústrias do setor para atendimento à Norma Regulamentadora NR 17 - Ergonomia, do Ministério do Trabalho e Emprego - MTE
2

O que se pretende alcançar

  • Melhoria das condições de trabalho e segurança da mão de obra do setor
  • Adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, proporcionando máximo conforto, segurança e eficiência no desempenho
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
SENAI – FIEMG
SESI - FIEMG
SEBRAE MG
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Quarzito em São Thomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)

BNDES
BDMG 
Ministério do Trabalho E Emprego (MTE)
Governo de Minas Gerais 
Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (SEDESE)
Indústrias

1

Realizar consultoria técnica especializada para avaliação ergonômica do trabalho

Identificar pontos de medição ambiental e postos de trabalho

Analisar aspectos ergonômicos nas empresas

Considerar: visualização de posturas, esforço, mobiliário e equipamentos

Preço estimado para a atividade:
R$ 15.000

Identificar pontos de risco ergonômico e elaborar tabela de custos humanos do trabalho

Elaborar Laudo Ergonômico das dependências da empresa

Realizar reunião de entrega dos relatórios, esclarecimentos de dúvidas e apresentação de soluções

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Desenvolver Práticas de Responsabilidade Social e Ambiental
1

Desafio/Oportunidade

  • Baixa percepção da sociedade em relação aos benefícios gerados pelas empresas no entorno de suas instalações
  • Necessidade de aumento das práticas sustentáveis desenvolvidas pelas indústrias do setor
2

O que se pretende alcançar

  • Execução de práticas socioambientais sustentáveis pelas empresas
  • Avaliação do impacto social e ambiental gerado na comunidade do entorno das empresas
  • Melhoria da imagem do setor nas cidades do entorno
3

Stakeholders

IEL - FIEMG
SESI - FIEMG
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Quarzito em São Thomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)
Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMAD MG)
Fundação Estadual do Meio Ambiete (FEAM MG)
Indústrias

1

Promover Responsabilidade Social e Ambiental entre as empresas

Selecionar empresas a serem impactadas

Sensibilizar empresas quanto à importância da produção sustentável

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Realizar workshop de Responsabilidade Social para nivelamento do conhecimento sobre o tema entre as empresas.

Sugere-se a criação do Programa de Sustentabilidade Social e Ambiental

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Mapear internamente nas empresas seus processos de gestão relacionados à sustentabilidade e à qualidade de vida no trabalho

Atividade deve ser realizada in company e deve contar com a participação do corpo empresarial, promovendo a auto análise dos processos

Apoiar adequação legal das empresas em aspectos sociais.

Aspectos sociais incluem: direitos trabalhistas, inclusão de deficiente, acessibilidade, tributação e outros

Elaborar planos individuais para adequação da gestão e infraestrutura empresarial para fomento à práticas sustentáveis

2

Mapear boas práticas em aspectos ambientais

Identificar exemplos de sucesso referentes ao aproveitamento de resíduos, eficiência no uso de recursos e adequação às exigências ambientais

Preço estimado para a atividade:
R$ 50.000 a R$ 70.000

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Apoiar empresas a cumprirem as exigências regulatórias
1

Desafio/Oportunidade

  • Dificuldade de atendimento às exigências regulatórias sanitárias e ambientais
2

O que se pretende alcançar

  • Disseminação das boas práticas ambientais entre as empresas do setor
  • Aumento do número de empresas atendendo às condicionantes ambientais exigidas
3

Stakeholders

IEL – FIEMG
Centro de Inovação e Tecnologia SENAI - FIEMG (CIT)
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Quarzito em São Thomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)
Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM)
Secretaria do Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMAD MG)
Fundação Estadual do Meio Ambiente (FEAM MG)
Superintendências Regionais de Regularização Ambiental (SUPRAM MG)
Indústrias

1

Avaliar grau de adequação das empresas às exigências regulatórias ambientais

Diagnosticar maturidade das empresas no atendimento às exigências regulatórias ambientais

Levantar dificuldades enfrentadas pelas empresas para atender às exigências regulatórias ambientais

2

Preparar empresas para se adequarem às exigências regulatórias ambientais

Capacitar corpo empresarial quanto ao cumprimento da legislação ambiental

Divulgar informações sobre a legislação ambiental e boas práticas para seu cumprimento

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Incentivar implantação das recomendações do Guia Técnico Ambiental da Indústria de Rochas Ornamentais

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Articular revisão de legislações e normas incidentes sobre o setor
1

Desafio/Oportunidade

  • Excesso de burocracia nos processos para regulamentação ambiental, liberação de novas jazidas e licenciamentos ambientais.
2

O que se pretende alcançar

  • Simplificação e desburocratização dos processos.
  • Maior eficiência dos processos e adequação às especificidades do setor.
  • Redução nos atrasos na análise e encaminhamento de processos relativos a alvarás de pesquisa geológica e obtenção de licenças ambientais e operacionais.
3

Stakeholders

IEL – FIEMG
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Quarzito em São Thomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)
Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM)
Secretaria do Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMAD MG)
Fundação Estadual do Meio Ambiente (FEAM MG)
Superintendências Regionais de Regularização Ambiental (SUPRAM MG)
Indústrias

1

Aproximar indústria aos órgãos competentes, para promoção das demandas do setor

Criar fóruns de discussão entre indústria, entidade representativas e órgãos legisladores para aprofundamento na questão ambiental

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

2

Articular revisão das normas ambientais incidentes sobre o setor

Articular definição das atuais normas ambientais para o setor, que ora permite a Autorização Ambiental de Funcionamento, ora exige licenciamento ambiental

Proposição de aperfeiçoamento dos processos de regularização ambiental das atividades industriais por meio da regulamentação do PL 2.946/15 aprovado (reestruturação do Sistema Estadual do Meio Ambiente - Sisema) 

Propor aos órgãos ambientais a elaboração de um termo de referência adequado à realidade do setor de rochas, simplificando o licenciamento ambiental

3

Reduzir gargalos dos processos regulatórios

Articular junto a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável - SEMAD MG, a criação de procedimento padrão para análises de fiscalizações e concessões de licenciamentos

4

Articular maior agilidade nos processos de liberação de acesso à exploração de novas jazidas

Articular parceria junto ao Departamento Nacional de Produção Mineral - DNPM, buscando aumentar a agilidade nos pedidos de liberação para exploração para novas jazidas

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Estimular destinação econômico-ambiental de resíduos
1

Desafio/Oportunidade

  • Baixos índices de tratamento e aproveitamento de resíduos pelas empresas do setor
2

O que se pretende alcançar

  • Incentivo à práticas responsáveis na cadeia produtiva
  • Geração de valor a partir do reaproveitamento de resíduos
3

Stakeholders

IEL – FIEMG
Instituto Senai de Tecnologia e Meio Ambiente  (ISTMA)
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Quarzito em São Thomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)
Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM)
Secretaria do Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SEMAD MG)
Fundação Estadual do Meio Ambiente (FEAM MG))
Superintendências Regionais de Regularização Ambiental (SUPRAM MG)
Indústrias

1

Propor soluções para a reutilização dos resíduos industriais e geração de valor econômico

Realizar benchmarking com empresas/instituições que desenvolvem e utilizam programas de aproveitamento de resíduos

Preço estimado para a atividade:
R$ 50.000 (nacional) e R$ 150.000 (internacional)

Articular criação de políticas de incentivo ao desenvolvimento e comercialização de coprodutos que reutilizam resíduos

Promover parcerias entre empresas e centros de pesquisa para agregação de valor aos resíduos por meio da reutilização e novas aplicações

Preço estimado para a atividade:
R$ 50.000 a R$ 70.000

Fortalecer adesão ao Programa Mineiro de Simbiose Industrial

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

2

Melhorar os canais disponíveis para destinação dos resíduos industriais

Apoiar parcerias público-privadas para a construção de condomínios industriais regionais para o tratamento de resíduos da atividade minerária

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Amenizar impacto tributário na competitividade do setor
1

Desafio/Oportunidade

  • Alta carga tributária incidente no setor
2

O que se pretende alcançar

  • Aumento da competitividade das indústrias do setor
  • Atração de investimentos ligados ao setor de rochas ornamentais para Minas Gerais
3

Stakeholders

IEL – FIEMG
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Quarzito em São Thomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)
Secretaria de Estado da Fazenda (SEF MG)
Indústrias

1

Avaliar impacto da tributação na competitividade das empresas

Acompanhar análise do Tratamento Tributário Diferenciado - TTD junto à Secretaria de Estado da Fazenda - SEF

2

Aumentar comunicação do setor com agentes regulatórios

Participar das discussões sobre Tratamento Tributário Diferenciado para o setor e levar as demandas das empresas para a pauta

3

Orientar empresas quanto ao regime tributário vigente

Divulgar informações sobre as diferenciações que serão concedidas por meio da aprovação do Tratatamento Tributário Diferenciado - TTD

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Orientar empresas quanto às mudanças ocorridas na legislação tributária incidente sobre o setor

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Orientar processo para a concessão da diferenciação de ICMS na importação de máquinas e insumos

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Estimular eficiência no consumo de água
1

Desafio/Oportunidade

  • Necessidade de maior eficiência no uso da água
2

O que se pretende alcançar

  • Conscientização sobre o uso racional de água
  • Aumento do reaproveitamento de água
  • Recuperação de mananciais e açudes próximos às indústrias
3

Stakeholders

IEL – FIEMG
SENAI - FIEMG
Instituro Senai de Tecnologia e Meio Ambiente (ISTMA)
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Quarzito em São Thomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)
COPASA
Prefeituras Municipais
Indústrias

1

Avaliar situação das empresas quanto ao uso da água

Diagnosticar grau de aproveitamento da água nos processos produtivos das empresas

Identificar oportunidades de economia e reuso de água

Realizar benchmarking em projetos já existentes para o setor

2

Incentivar práticas sustentáveis no uso da água

Criar plano de reutilização da água nas indústrias

Preço estimado para a atividade:
R$ 15.000

Apoiar projetos de recuperação de mananciais e açudes nas proximidades das fábricas

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Estimular tratamento da água da utilização de bacias de decantação

3

Acompanhar resultados do Pacto Minas pelas Águas: desdobramentos, imposições e oportunidades geradas

Monitorar junto ao governo do Estado as ações propostas pelo Pacto e criar mecanismos para apoiá-las

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Estimular eficiência no consumo de energia
1

Desafio/Oportunidade

  • Alto custo e consumo de energia elétrica no setor
2

O que se pretende alcançar

  • Conscientização sobre o uso racional de energia
  • Aumento do número de empresas com sistemas de energia ecoeficientes
3

Stakeholders

IEL – FIEMG
SENAI - MG
Instituto Senai de Tecnologia e Meio Ambiente (ISTMA)
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Quarzito em São Thomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)
Secretaria de Estado da Fazenda (SEF MG)
CEMIG
Prefeituras Municipais
Indústrias

1

Buscar possibilidades para melhorar a eficiência no consumo de energia

Identificar meios para aumentar eficiência energética dos processos produtivos das empresas do setor

Preço estimado para a atividade:
R$ 20.000

Identificar fontes alternativas de energia

Preço estimado para a atividade:
R$ 20.000

2

Apoiar empresas a alcançar melhor aproveitamento do recurso energético

Apoiar renovação fabril e melhoria nos processos produtivos

Divulgar linhas de financiamento existentes direcionadas ao uso de fontes alternativas de energia

Preço estimado para a atividade:
R$ 5.000 a R$ 25.000

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Apoiar empresas na obtenção de certificação
1

Desafio/Oportunidade

  • Necessidade de fomentar a obtenção de certificações pela indústria de rochas ornamentais
2

O que se pretende alcançar

  • Valorização das certificações para as rochas ornamentais
  • Aumento da confiabilidade do produto
3

Stakeholders

IEL – FIEMG
SEBRAE MG
Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (ABIROCHAS)
Sindicato Intermunicipal das Indústrias de Beneficiamento de Mármores, Granitos e Rochas Ornamentais no Estado de Minas Gerais (SINROCHAS)
Sindicato da Indústria de Mármores e Granitos do Vale do Rio Grande (SIMAGRAVARG)
Associação dos Mineradores e Beneficiadores de Quarzito em São Thomé das Letras (AMIST)
Associação dos Mineradores de Ardósia de Minas Gerais (AMAR)
Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI)
Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)
Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM)
Indústrias

1

Sensibilizar empresários quanto aos benefícios advindos da certificação de produtos

Sensibilizar empresários quanto à importância da caracterização tecnológica das rochas, segundo normas da ABNT

Sensibilizar empresários quanto à importâcia e vantagens da certificação de procedência dos seus materiais

2

Mapear certificações que podem ser obtidas pelo setor

Verificar quais aglomerações produtivas podem receber certificado de Identificação Geográfica do INPI

Exemplo: Pedras São Tomé.

3

Incentivar a criação de banco de dados das rochas ornamentais do Brasil

O banco de dados conterá informações sobre características tecnológicas e procedência das rochas

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Para visualizar o conteúdo completo, acesse pelo desktop ou preencha o formulário abaixo e receba o material por e-mail.

Ações em destaque no setor

Uberaba recebe curso de capacitação em comércio exterior promovido pelo CIEMG

Ação é voltada para empresários e profissionais que atuam ou que desejam atuar no comércio internacional

Inovação e barreiras regulatórias são desafios para rochas ornamentais

Setor foi foco de debates da Agenda Propositiva realizada pelo IEL/MG

Baixe o Plano Setorial
Rochas Ornamentais

Bons investimentos nascem de informações precisas.

Preencha o formulário abaixo e receba gratuitamente o material completo de todas as regiões em seu e-mail.