Cervejas Artesanais

UNIÃO E INOVAÇÃO FAZEM DE MINAS GERAIS UMA REFERÊNCIA NO SETOR

Imagem do setor - Cervejas Artesanais

Mapa do setor - Cervejas Artesanais

Este setor tem grande potencial nas regiões apontadas no mapa.

CERVEJAS ARTESANAIS: O PRESENTE E O FUTURO DO SETOR CERVEJEIRO

Considerado uma aposta promissora para o desenvolvimento econômico nos próximos anos, o setor de Cervejas Artesanais – focado na utilização de matéria-prima pura e de qualidade – conta com 65 microcervejarias registradas no Ministério da Agricultura em Minas Gerais, sendo que 33 delas estão localizadas em BH e região metropolitana; 11 na região do sul do Estado; 13 na Zona da Mata; 4 no Triângulo Mineiro e 4 na região Oeste. Além disso, o Estado conta atualmente com dois Arranjos Produtivos Locais (APL) de microcervejarias, localizados em BH - região metropolitana - e em Juiz de Fora. Segundo dados do SINDBEBIDAS, o volume de produção atual atinge 1.550.000 litros por mês, fazendo de Minas Gerais o 2º maior Estado em volume de produção e número de microcervejarias registradas. Em 2017 a previsão de crescimento médio de faturamento é de 14%. A valorização pelo consumidor dos aspectos sensoriais da cerveja é um dos motivos da recente expansão desse setor. Tanto que várias fábricas têm investido em espaços voltados à degustação e visitação da produção. 

Ações por temas

Escolha um dos temas abaixo e conheça o plano de ações específico que irá transformar os desafios em oportunidades de crescimento.

LISTA DE AÇÕES


Ação Curto Prazo LegendaCurto prazo
Ação Médio Prazo LegendaMédio prazo
Ação Longo Prazo LegendaLongo prazo
Solucionar necessidades tecnológicas
1

Desafio/Oportunidade

  • Alta importação de insumos
  • Introdução de novas tecnologias (cultivares)
2

O que se pretende alcançar

  • Diminuição na importação de insumos
  • Aumento no número de parcerias concretizadas com Institutos de Ciência e Tecnologia - ICT's nacionais e internacionais
3

Stakeholders

IEL-FIEMG
SENAI-FIEMG
SEBRAE MG
Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas em Geral do Estado de Minas Gerais (SINDBEBIDAS)
Associação dos Cervejeiros Artesanais de Minas Gerais (ACERVA MG)
Academia Sommelier de Cerveja Doemens
Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG)
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (ANPEI)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI)
Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI)
Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (SEAPA/MG)
Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (SECTES/MG)
Indústrias

1

Articular parcerias para viabilizar a solução, por meio de projeto de pesquisa colaborativa ou transferência de tecnologia

MICROATIVIDADES

Desenvolver cultivares de cevada e lúpulo para adequação às condições dos locais identificados

Desenvolver novas variedades de leveduras mineiras para criação de uma característica local para a cerveja

2

Selecionar potenciais soluções e respectivos parceiros (Institutos de Ciência e Tecnologia - ICT ou agentes do setor)

MICROATIVIDADES

Identificar microrregiões mineiras com potencial para a produção de insumos

3

Conhecer problema e soluções em potencial

MICROATIVIDADES

Realizar estudo para entendimento aprofundado das necessidades específicas para produção local dos insumos e levantar produtores já existentes

  • Informações Complementares:
    O estímulo à produção local de insumos deve priorizar aqueles que hoje são importados, como a cevada e o lúpulo

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Promover pesquisa aplicada e inovação em rede
1

Desafio/Oportunidade

  • Baixa interação entre universidades e empresas
  • Baixo índice de internalização pelas empresas de tecnologias provenientes das Institutos de Ciência e Tecnologia ICT’s
2

O que se pretende alcançar

  • Maior interação entre empresas e Instituto de Ciência e Tecnologia ICT's
  • Maior número de projetos realizados em parceria entre empresas e Institutos de Ciência e Tecnologia ICT's
3

Stakeholders

IEL-FIEMG
SENAI-FIEMG
SEBRAE MG
Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas em Geral do Estado de Minas Gerais (SINDBEBIDAS)
Associação dos Cervejeiros Artesanais de Minas Gerais (ACERVA MG)
Academia Sommelier de Cerveja Doemens
Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG)
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (ANPEI)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI)
Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI)
Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (SEAPA MG)
Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior de Minas Gerais (SECTES MG)
Indústrias

1

Estimular desenvolvimento colaborativo e transferência de tecnologia entre os agentes do setor

MICROATIVIDADES

Promover parcerias entre indústrias e Institutos de Ciência e Tecnologia - ICT's

  • Informações Complementares:
    Bolsas de pesquisa aplicada / editais de demanda induzida

2

Incentivar integração dos agentes do setor para troca de informações e conhecimento

MICROATIVIDADES

Motivar participação empresarial em feiras nacionais e internacionais

  • Informações Complementares:
    A participação em feiras é importante para identificação das novas tecnologias e tendências

3

Mapear demanda por inovação tecnológica no mercado e relacioná-las às pesquisas em andamento nas instituições

MICROATIVIDADES

Realizar prospecção tecnológica nas microcervejarias nacionais

Mapear os Institutos de Ciência e Tecnologia (ICT's) internacionais que tenham potencial para parceriais com as ICT's nacionais

  • Informações Complementares:
    Envolver  e com os setores de nano e biotecnologia  A prospecção deve ser direcionada para desenvolvimento de novos produtos, processos e insumos

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Para visualizar o conteúdo completo, acesse pelo desktop ou preencha o formulário abaixo e receba o material por e-mail.
Expandir atuação mercadológica internacional
1

Desafio/Oportunidade

  • Baixo volume de exportação do setor em Minas Gerais
2

O que se pretende alcançar

  • Aumento do volume de cervejas especiais mineiras exportadas
3

Stakeholders

IEL-FIEMG
SENAI-FIEMG
SESI-FIEMG
FIEMG
SEBRAE MG
Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas em Geral do Estado de Minas Gerais (SINDBEBIDAS)
Associação dos Cervejeiros Artesanais de Minas Gerais (ACERVA MG)
Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Minas Gerais (ABRASEL MG)
Associação Mineira de Supermercados (AMIS)
Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS)
Associação dos Atacadistas e Distribuidores do Estado de Minas Gerais (ADEMIG)
Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD)
Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)
Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX)
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais (SETUR/MG)
EXPORTAMINAS
Indústrias

1

Engajar empresários em atividades de integração com empresas e instituições estrangeiras

MICROATIVIDADES

Preparar as empresas (empresário e produto) para participação em missões empresariais

2

Prospectar novos mercados de atuação

MICROATIVIDADES

Estudar mercados internacionais para exportação das cervejas especiais

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Desenvolver cadeia fornecedora
1

Desafio/Oportunidade

  • Baixa integração entre fornecedores e compradores do setor
2

O que se pretende alcançar

  • Facilitação do relacionamento e acesso aos compradores e fornecedores do setor
3

Stakeholders

IEL-FIEMG
SENAI-FIEMG
SESI-FIEMG
FIEMG
SEBRAE MG
Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas em Geral do Estado de Minas Gerais (SINDBEBIDAS)
Associação dos Cervejeiros Artesanais de Minas Gerais (ACERVA MG)
Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG)
Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater MG)
Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (SEAPA MG)
Indústrias

1

Integrar agentes do setor

MICROATIVIDADES

Implantar central de compras coletivas para aquisição de insumos, especialmente aqueles que são importados

2

Atrair novas empresas com potencial para se instalarem no Estado

MICROATIVIDADES

Fomentar a produção local de insumos

  • Informações Complementares:
    Os insumos que hoje são necessariamente importados devem ser priorizados

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Expandir atuação mercadológica
1

Desafio/Oportunidade

  • Crescimento elevado do segmento de cervejas especiais no Brasil
  • Concorrência desproporcional com as grandes cervejarias
2

O que se pretende alcançar

  • Criação de imagem da cerveja especial mineira como uma escola cervejeira única
  • Aumento na participação de mercado da cerveja especial mineira
  • Aumento da rentabilidade nas microcervejarias
3

Stakeholders

IEL-FIEMG
SENAI-FIEMG
SESI-FIEMG
FIEMG
SEBRAE MG
Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas em Geral do Estado de Minas Gerais (SINDBEBIDAS)
Associação dos Cervejeiros Artesanais de Minas Gerais (ACERVA MG)
Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Minas Gerais (ABRASEL MG)
Associação Mineira de Supermercados (AMIS)
Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS)
Associação dos Atacadistas e Distribuidores do Estado de Minas Gerais (ADEMIG)
Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD)
Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC)
Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX)
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (SEDE MG)
Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais (SETUR/MG)
EXPORTAMINAS
Indústrias

1

Estimular atendimento à demanda turística por meio de um roteiro de turismo

MICROATIVIDADES

Associar o turismo à produção cervejeira com a realização de visitas inseridas em roteiros turísticos

2

Elaborar plano de divulgação e marketing

MICROATIVIDADES

Estruturar Plano de Mercado e Imagem para a criação de uma identidade e marca da cerveja especial mineira

Estimular as microcervejarias a participarem de concursos nacionais e internacionais

Realizar eventos promocionais locais e nacionais (road show)

Estimular a obtenção de certificações de gestão, sociais e ambientais

  • Informações Complementares:
    Sugere-se realizar esta atividade em parceria com os supermercadistas

3

Integrar agentes do setor

MICROATIVIDADES

Realizar eventos e encontros de negócios

  • Informações Complementares:
    Esta atividade tem como público alvo atacadistas, distribuidores, supermercadistas e food service

4

Apoiar diversificação de mercado e de portfólio de produtos

MICROATIVIDADES

Estudar os mercados internos (estados e cidades polo) para ampliação das vendas

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Para visualizar o conteúdo completo, acesse pelo desktop ou preencha o formulário abaixo e receba o material por e-mail.
Desenvolver as competências técnicas da mão de obra operacional
1

Desafio/Oportunidade

  • Baixa qualificação técnica da mão de obra operacional
  • Baixo investimento em formação profissional técnica
2

O que se pretende alcançar

  • Aumento na eficiência operacional das empresas
  • Melhoria da capacitação da mão de obra operacional das empresas
3

Stakeholders

IEL-FIEMG
SENAI-FIEMG
SESI-FIEMG
SENAI-RJ
SEBRAE MG
Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas em Geral do Estado de Minas Gerais (SINDBEBIDAS)
Associação dos Cervejeiros Artesanais de Minas Gerais (ACERVA/MG)
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas)
Centro Universitário UNA
Centro Universitário de Belo Horizonte (UNI/BH)
Escola Superior de Cerveja e Malte
Academia Sommelier de Cerveja Doemens
Indústrias

1

Ofertar capacitação técnica de acordo com as caraterísticas e necessidades específicas do setor

MICROATIVIDADES

Realizar cursos de formação de mão de obra técnica (empregada ou não) prática e teórica em cervejaria, alimentos, mestre cervejeiro e sommelier de cervejas

Estruturar programa de inserção profissional em parceria com instituições de ensino por meio de visitas técnicas de estudantes às empresas do setor e de estágios / bolsas de extensão

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Desenvolver competências gerenciais
1

Desafio/Oportunidade

  • Necessidade de qualificação do corpo gerencial das empresas do setor
  • Deficiência na estruturação de processos gerenciais das empresas
  • Dificuldade de aplicação das ferramentas de gestão na realidade empresarial
2

O que se pretende alcançar

  • Aumento das competências dos gestores empresariais, de modo a tornar as empresas mais eficientes e, consequentemente, mais competitivas
  • Padronização dos processos gerenciais nas empresas
  • Estímulo à prática de planejamento empresarial
3

Stakeholders

IEL-FIEMG
SENAI-FIEMG
SESI-FIEMG
SENAI-RJ
SEBRAE MG
Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas em Geral do Estado de Minas Gerais (SINDBEBIDAS)
Associação dos Cervejeiros Artesanais de Minas Gerais (ACERVA/MG)
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas)
Centro Universitário UNA
Centro Universitário de Belo Horizonte (UNI BH)
Escola Superior de Cerveja e Malte
Academia Sommelier de Cerveja Doemens
Indústrias

1

Ofertar capacitação gerencial direcionada às demandas do setor

MICROATIVIDADES

Realizar treinamento customizado ou com foco temático nas empresas

  • Informações Complementares:
    Sugere-se contemplar os temas gestão empresarial, financeira, inovação, indicadores, controle de qualidade, meio ambiente, marketing, comercial, normatizações, SST, participação em eventos

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Para visualizar o conteúdo completo, acesse pelo desktop ou preencha o formulário abaixo e receba o material por e-mail.
Desenvolver Práticas de Responsabilidade Social e Ambiental
1

Desafio/Oportunidade

  • Necessidade de aumento das práticas sustentáveis desenvolvidas pelas indústrias do setor
2

O que se pretende alcançar

  • Execução de práticas social e ambientalmente responsáveis pelas empresas
3

Stakeholders

IEL-FIEMG
SESI-FIEMG
Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas em Geral do Estado de Minas Gerais (SINDBEBIDAS)
Indústrias

1

Promover Responsabilidade Social e Ambiental entre as empresas

MICROATIVIDADES

Introduzir os conceitos de produção mais limpa e ecoeficiência nas microcervejarias

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Apoiar empresas do setor na realização da Análise Ergonômica do Trabalho (AET)
1

Desafio/Oportunidade

  • Dificuldades de adequação das indústrias do setor para atendimento à norma NR 17 - Ergonomia do MTE
2

O que se pretende alcançar

  • Melhoria das condições de trabalho e segurança da mão de obra do setor
  • Adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, proporcionando máximo conforto, segurança e desempenho eficiente
3

Stakeholders

IEL-FIEMG
SENAI-FIEMG
SESI-FIEMG
SEBRAE MG
Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas em Geral do Estado de Minas Gerais (SINDBEBIDAS)
BNDES
BDMG
Ministério do Trabalho e Emprego (MTE)
Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social de Minas Gerais (SEDESE/MG)
Indústrias

1

Realizar consultoria técnica especializada para avaliação ergonômica do trabalho

MICROATIVIDADES


Identificar pontos de medição ambiental e postos de trabalho.

Analisar aspectos ergonômicos nas empresas.

Identificar pontos de risco ergonômico e elaborar tabela de custos humanos do trabalho.

Apresentar Laudo Ergonômico das dependências da empresa.

Realizar reunião de entrega dos relatórios, esclarecimentos de dúvidas e apresentação de soluções. 

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Apoiar as empresas do setor na adequação às Normas Regulamentadoras do MTE
1

Desafio/Oportunidade

  • Dificuldades de adequação das indústrias do setor para atendimento às Normas Regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE)
2

O que se pretende alcançar

  • Melhoria das condições de trabalho e segurança da mão de obra do setor
  • Atendimento às Normas Regulamentadoras do MTE (principalmente NR12) de forma estruturada, com investimentos planejados
  • Minimização do risco de autuação pelo não cumprimento das exigências legais de saúde e segurança que regulamentam o setor
3

Stakeholders

IEL-FIEMG
SENAI-FIEMG
SESI-FIEMG
SEBRAE MG
Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas em Geral do Estado de Minas Gerais (SINDBEBIDAS)

BNDES
BDMG
Ministério do Trabalho e Emprego (MTE)
Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social de Minas Gerais (SEDESE MG) 

Indústrias

1

Divulgar linhas de crédito específicas para adequações às NR'S

MICROATIVIDADES

Ampliar divulgação das linhas de crédito disponíveis para investimentos no cumprimento das Normas Regulamentadoras

2

Ampliar o Programa Indústria Segura do SESI - MG

MICROATIVIDADES

Realizar consultoria técnica para apoiar as empresas no cumprimento das exigências das Normas Regulamentadoras

Realizar auditorias simuladas nas empresas participantes para verificação quanto ao atendimento às normas

Realizar estudo de viabilidade dos investimentos necessários à adequação do parque industrial das empresas participantes

3

Disseminar noções básicas de saúde e segurança

MICROATIVIDADES

Ampliar divulgação da cartilha de noções básicas de saúde e segurança do trabalho, elaborada pelo SESI - MG

Transforme essas informações em negócios.

Mande um e-mail para pcir@fiemg.com.br
e converse com a equipe técnica da FIEMG.

Para visualizar o conteúdo completo, acesse pelo desktop ou preencha o formulário abaixo e receba o material por e-mail.

Ações em destaque no setor

Microcervejarias Mineiras: Evento reuniu produtores em Pouso Alegre/MG

PCIR apresentou resultados de trabalhos de posicionamento estratégico coletivo das cervejarias artesanais

Projeto do PCIR vai estimular criação de Padaria Comunitária

Iniciativa foi apresentada em reunião do Conselho de Representantes do IEL

Baixe o Plano Setorial
Cervejas Artesanais

Bons investimentos nascem de informações precisas.

Preencha o formulário abaixo e receba gratuitamente o material completo de todas as regiões em seu e-mail.